Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Dourados ultrapassa Capital e Corumbá e vira o 2º maior exportador de MS

07 junho 2019 - 20h05Por Da redação

Centro do agronegócio sul-mato-grossense, o município de Dourados, registrou aumento de 86,92% nas exportações nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com igual período do ano passado, e se tornou o segundo município líder em vendas no Estado. Segundo reportagem do site Campo Grande News, os números foram divulgados pela Semagro (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Produção e Agricultura Familiar).

O avanço de Dourados fez o município ganhar duas posições na balança estadual, ultrapassando outros que, no mesmo período, viram as vendas externas encolherem: Campo Grande, com retração de 1,01%, e Corumbá, que teve queda de 28,78%.

As vendas de Dourados saíram de US$ 80,3 milhões no ano passado para US$ 150,1 milhões neste ano, o equivalente a 8,33% das vendas estaduais. Números sensivelmente maiores que a Capital, que encolheu de US$ 146,7 milhões para US$ 145,2 milhões (8,06% do saldo).

Corumbá, principal centro de mineração do Estado e que detinha a terceira posição nos cinco primeiros meses Do ano passado –com US$ 122,5 milhões em vendas–, registrou US$ 87,2 milhões neste ano, ou 4,84% de participação nas exportações do Estado.

A liderança segue com Três Lagoas, centro da produção estadual de celulose, que viu a participação na balança comercial aumentar de 47,95% para 52,73%. As vendas subiram de US$ 795,7 milhões para US$ 950,4 milhões.

Em geral, os dez principais exportadores do Estado tiveram variação positiva de 12,79% nas exportações, subindo de US$ 1,42 bilhão para US$ 12,6 bilhão no período, o equivalente a 89,15% das vendas de Mato Grosso do Sul.

Clientes

A China segue como principal destino dos produtos sul-mato-grossenses, embora tenha ocorrido redução de 14,25% nas vendas para o país asiático na comparação com o período de janeiro a maio do ano passado.

As vendas para aquele país saíram de US$ 1,16 bilhão para US$ 997 milhões neste ano, representando 45,45% do total das exportações (ante 49,89% no ano passado). Também houve queda no segundo lugar, a Argentina, destino de 6,11% das exportações de janeiro a maio deste ano e responsável por US$ 134,1 milhões em compras.

O maior crescimento partiu dos Estados Unidos, que aumentaram em 160,5% suas compras do Estado, saindo de 2,04% de participação e US$ 147,8 milhões em pagamentos para 5,64% e US$ 123,8 milhões.

No saldo total, os dez principais destinos da produção estadual tiveram retração de 7,63%. De janeiro a maio, eles corresponderam a 77,78% das compras e US$ 1,7 bilhão em faturamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Homem é condenado por esfaquear mulher e terá que pagar R$ 8 mil
TRÂNSITO
Mais de 233 mil veículos devem passar pela BR-163 no feriado
POLÍTICA
Cinco partidos de oposição anuncia obstrução à reforma da Previdência
DIA 24
Luiza Brunet será empossada embaixadora do Mãos EmPENHAdas
RURAL
Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
CAMPO GRANDE
Mulher vai ao salão de beleza e quando sai encontra veículo incendiado
POLÍTICA
Senado aprova parecer que pede suspensão dos decretos das armas
CAPITAL
Bebê pode ser a 2ª vítima de gripe em menos de 24 horas em MS
FUTEBOL
Peru vence e assume a liderança do grupo do Brasil na Copa América
JUDICIÁRIO
Procuradores definem lista tríplice para sucessão de Dodge na PGR

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos