Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Dourados terá mais de R$ 2 mi para investir em água e esgoto

02 dezembro 2012 - 17h43

Com investimentos que ultrapassam R$ 2 milhões em recursos próprios da Sanesul, o governador André Puccinelli assinou neste sábado (1º) ordens de início de serviço dos sistemas de abastecimento de água (SAA) e de esgotamento sanitário (SES) em Dourados e garantiu melhorias para 2013 no município.

O montante vai trazer melhorias significativas para a população do município aprimorando a área de tratamento de água e esgotamento sanitário, ressaltou o governador do Estado. As ordens de serviço abrangem a execução de serviços de pesquisa da situação das ligações domiciliares de água, padronização das ligações e interligações de rede do sistema de abastecimento de água; melhoria e ampliação do sistema de abastecimento de água , com a execução de 13.364 metros de rede distribuição de água, implantação de 2.454 ligações domiciliares de água, reimplantação de 104 ligações domiciliares de água e 250 ramais de espera e ainda de melhoria da estação de tratamento de esgoto ETE Água Boa, onde serão executados serviços de melhoria no laboratório, biofiltro, caixa receptora de autofossa, além de urbanização.

Para o prefeito de Dourados, Muliro Zauith, a parceria com o governo do Estado e a Sanesul vai alavancar ainda mais o progresso para o município. "Queremos alcançar índices mais altos e chegar a 100% de esgotamento sanitário e ága tratada em Dourados. Sabemos que poucas cidades possuem esses índices. Que mais obras possam vir para o nosso Estado e para o nosso município, vamos proporcionar ao governo o apoio necessário para que Dourados tenha mais desenvolvimento ainda", disse o prefeito.
Com cerca de 15% de captação de água tratada e esgotamento sanitário em Mato Grosso do Sul no ano de, o Estado vive hoje uma nova realidade lembrou Puccinelli. A meta de cobertura de abastecimento de água e esgotamento sanitário dos municípios está sendo cumprida com proficiência e no ano de 2014 a média chegará a 60%, podendo chegar a 100% em e em alguns municípios. "Pegamos, ao assumir nossa gestão, uma empresa sucateada e fomos buscar recursos. Temos orgulho de ter uma Sanesul totalmente saneada, onerosa e competente", ressaltou o governador.

Para ilustrar a busca de recursos o governador elencou os tipos de investimentos feitos no Estado como as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que foram trazidas como fundo perdido. Com este programa foram investidos R$ 54 milhões no município de Corumbá e outros R$ 54 em Dourados.

Mato Grosso do Sul foi ainda o primeiro Estado a ser beneficiado com recursos do Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul (Focem). Recebeu ainda recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que com contrapartida estadual de 50%, levou a 53 pequenas localidades como sitiocas, assentamentos e aldeias indígenas o benefício da água tratada.

O grande projeto da busca de recursos também foi destacado pelo diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa. No Estado os investimentos em água e esgoto chegam a R$ 840 milhões, montante 10 vezes maior que o investido na última gestão. A cobertura passou de 15%, chegando a 50% da população que já pode contar com este benefício atualmente. O governo do Estado espera atender cerca de 85% da população e ao final de 2014 o objetivo é atingir a excelência do serviço levando coleta e tratamento de esgoto a 100% dos sul-mato-grossenses. "O volume de obras causa influência no desenvolvimento dos municípios e fazer obra de saneamento precisa ser estudada, é como reformar uma casa morando dentro. O governo do Estado determinou que nós fizessemos o resgate de uma dívida de saneamento com o povo deste Estado e estamos fazendo isso", completou José Carlos ao informar que a Sanesul recebeu o Prêmio Nacional em qualidade de saneamento pelos serviços prestados nos municípios de Dourados e Ponta Porã. "Este prêmio corresponde ao nível de acesso de excelência em saneamento das cidades".

O governador André Puccinelli e a Sanesul celebraram ainda um contrato de prestação de serviços junto à Fundação Terceiro Milênio, para que, por intermédio das contas de água, a população douradense possa fazer doações para a entidade. A presidente da entidade, Silvana Aparecida de Castro, agradeceu a iniciativa e garantiu que o dinheiro vai auxiliar na manutenção das ações que visam a evangelização da população de Dourados.
Estiveram presentes na solenidade de assinatura de ordens de serviço os deputados estaduais Laerte Tetila e Zé Teixeira, o deputado federal Geraldo Resende, o bispo Dom Redovino Rizzardo, vereadores e demais autoridades locais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Assembleia aprova lei que proíbe homenagem a torturadores em MS
COMER BEM
Como fazer a salada de frutas perfeita: 11 dicas para arrasar na receita
ENCONTRO
Semana Espírita de Dourados começa hoje com palestra no Municipal
BRASIL
Comissão derruba portaria que limita acesso à mamografia no SUS
TRÊS LAGOAS
Polícia prende homem com R$ 9 mil em notas falsas
SAÚDE
Suspender a menstruação é realmente benéfico?
IMUNIZAÇÃO
Vacinação atingiu mais de 70% do público alvo em Dourados
DECOR
6 tendências de decoração dos anos 90
ÁGUA CLARA
Ação apreende quase meia tonelada de maconha e prende "batedor"
COPA AMÉRICA
Seleção começa a se apresentar na Granja Comary nesta quarta-feira

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação