Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Dourados terá mais de R$ 2 mi para investir em água e esgoto

02 dezembro 2012 - 17h43

Com investimentos que ultrapassam R$ 2 milhões em recursos próprios da Sanesul, o governador André Puccinelli assinou neste sábado (1º) ordens de início de serviço dos sistemas de abastecimento de água (SAA) e de esgotamento sanitário (SES) em Dourados e garantiu melhorias para 2013 no município.

O montante vai trazer melhorias significativas para a população do município aprimorando a área de tratamento de água e esgotamento sanitário, ressaltou o governador do Estado. As ordens de serviço abrangem a execução de serviços de pesquisa da situação das ligações domiciliares de água, padronização das ligações e interligações de rede do sistema de abastecimento de água; melhoria e ampliação do sistema de abastecimento de água , com a execução de 13.364 metros de rede distribuição de água, implantação de 2.454 ligações domiciliares de água, reimplantação de 104 ligações domiciliares de água e 250 ramais de espera e ainda de melhoria da estação de tratamento de esgoto ETE Água Boa, onde serão executados serviços de melhoria no laboratório, biofiltro, caixa receptora de autofossa, além de urbanização.

Para o prefeito de Dourados, Muliro Zauith, a parceria com o governo do Estado e a Sanesul vai alavancar ainda mais o progresso para o município. "Queremos alcançar índices mais altos e chegar a 100% de esgotamento sanitário e ága tratada em Dourados. Sabemos que poucas cidades possuem esses índices. Que mais obras possam vir para o nosso Estado e para o nosso município, vamos proporcionar ao governo o apoio necessário para que Dourados tenha mais desenvolvimento ainda", disse o prefeito.
Com cerca de 15% de captação de água tratada e esgotamento sanitário em Mato Grosso do Sul no ano de, o Estado vive hoje uma nova realidade lembrou Puccinelli. A meta de cobertura de abastecimento de água e esgotamento sanitário dos municípios está sendo cumprida com proficiência e no ano de 2014 a média chegará a 60%, podendo chegar a 100% em e em alguns municípios. "Pegamos, ao assumir nossa gestão, uma empresa sucateada e fomos buscar recursos. Temos orgulho de ter uma Sanesul totalmente saneada, onerosa e competente", ressaltou o governador.

Para ilustrar a busca de recursos o governador elencou os tipos de investimentos feitos no Estado como as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que foram trazidas como fundo perdido. Com este programa foram investidos R$ 54 milhões no município de Corumbá e outros R$ 54 em Dourados.

Mato Grosso do Sul foi ainda o primeiro Estado a ser beneficiado com recursos do Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul (Focem). Recebeu ainda recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que com contrapartida estadual de 50%, levou a 53 pequenas localidades como sitiocas, assentamentos e aldeias indígenas o benefício da água tratada.

O grande projeto da busca de recursos também foi destacado pelo diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa. No Estado os investimentos em água e esgoto chegam a R$ 840 milhões, montante 10 vezes maior que o investido na última gestão. A cobertura passou de 15%, chegando a 50% da população que já pode contar com este benefício atualmente. O governo do Estado espera atender cerca de 85% da população e ao final de 2014 o objetivo é atingir a excelência do serviço levando coleta e tratamento de esgoto a 100% dos sul-mato-grossenses. "O volume de obras causa influência no desenvolvimento dos municípios e fazer obra de saneamento precisa ser estudada, é como reformar uma casa morando dentro. O governo do Estado determinou que nós fizessemos o resgate de uma dívida de saneamento com o povo deste Estado e estamos fazendo isso", completou José Carlos ao informar que a Sanesul recebeu o Prêmio Nacional em qualidade de saneamento pelos serviços prestados nos municípios de Dourados e Ponta Porã. "Este prêmio corresponde ao nível de acesso de excelência em saneamento das cidades".

O governador André Puccinelli e a Sanesul celebraram ainda um contrato de prestação de serviços junto à Fundação Terceiro Milênio, para que, por intermédio das contas de água, a população douradense possa fazer doações para a entidade. A presidente da entidade, Silvana Aparecida de Castro, agradeceu a iniciativa e garantiu que o dinheiro vai auxiliar na manutenção das ações que visam a evangelização da população de Dourados.
Estiveram presentes na solenidade de assinatura de ordens de serviço os deputados estaduais Laerte Tetila e Zé Teixeira, o deputado federal Geraldo Resende, o bispo Dom Redovino Rizzardo, vereadores e demais autoridades locais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS
ESTÉTICA
Conheça um pouco mais sobre o Microagulhamento
POLÍTICA
“A gente precisa mendigar apoio”, diz vereador sobre falta de representatividade em Brasília
PEDESTRIANISMO
‘9ª Corrida Saúde Cassems-Noturna’ abre inscrições na próxima segunda-feira
LEGISLATIVO
Instituída Frente em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio
RODEIO FESTIVAL
Dourados se transformará na Capital do rodeio de MS em agosto
POLÍTICA
Sede da Ancine será transferida para Brasília, diz Bolsonaro
DOURADOS
Projeto reforça segurança nas aldeias indígenas
POLÍCIA
Enteada busca polícia acusando padrasto de estupro e violência doméstica
PEDRO JUAN
Homem que mandava nudes a mulheres é preso na fronteira

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso