Menu
Busca quarta, 26 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Dourados recebe cidades do Conesul para Seminário Ambiental

27 novembro 2012 - 08h10

A contribuição ao meio ambiente é fruto de um programa, entre a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e a Concessionária Enersul, como forma de auxiliar a composição da paisagem das cidades.

Nesse protocolo, que desperta a atenção dos gestores públicos e da comunidade sobre a importância da arborização urbana para a qualidade de vida, tanto das pessoas como para a fauna e, até mesmo, para a própria flora, a Enersul promove Seminários de Educação Ambiental e distribui, anualmente, um lote de mudas para cada um dos, 73 municípios que compõem sua área de concessão.

Os eventos são realizados em pólos que reúnem municípios do entorno, com a finalidade de promover a multiplicação de conhecimento e a troca de informação, incluindo os aspectos relacionados à segurança. As atividades envolvem funcionários públicos dos setores de planejamento, urbanismo e meio ambiente.

Este ano, o Programa de Educação Ambiental já sensibilizou esses técnicos nas regiões Centro, Norte e Noroeste de Mato Grosso do Sul. Nesta terça-feira, dia 27 de novembeo, em Dourados, o Seminário reunirá , no auditório do Hotel Bahamas 32 cidades: Amambai, Angélica, Aral Moreira, Bataguassu, Baraiporã, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sete Quedas, Tacuru, Taquerussu e Vicentina, que fazem parte do Conesul.

O Programa existe há sete anos e neste período, além de conhecimento, ofertou mais de 100 mil mudas. São espécies recomendadas no Guia de Arborização da Enersul, uma publicação que resulta de criteriosa pesquisa, a fim de identificar e recomendar as árvores que tenham harmonia com o ecossistema cerrado, e um bom convívio com a fiação, diminuindo riscos de acidentes por choque elétrico e interrupção do fornecimento de energia. As mudas doados, anualmente, ficam disponíveis para plantio pelas próprias prefeituras, bem como, pelos moradores envolvendo também as crianças nas escolas para fortalecer a consciência sobre a necessidade de um futuro sustentável.

A Enersul entende que a arborização é um bem ambiental e, por isso, é importante para garantir o desenvolvimento ecologicamente equilibrado das cidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Aline Riscado curte praia com amigas e impressiona com corpão sarado
UFMS
PF investiga denúncia de acadêmico que ameaçou professores e alunos
OPORTUNIDADE
CIN abre vagas a curso de comércio exterior em Dourados
CAMPO GRANDE
Prefeitura abre inscrição para contratar médicos com salário de R$ 12 mil
UEMS
De Pais para Filhos chega em Dourados no próximo fim de semana
CAPITAL
Com suspeita de tuberculose, idosa espera vaga em hospital há 5 dias
PROGRAMA
Governo lança plano para reduzir à metade nº de mortos no trânsito
ANASTÁCIO
Após engravidar do pai, adolescente dá à luz e decide criar bebê
ELEIÇÕES 2018
TSE aceita registro de candidatura de Haddad à Presidência
EDUCAÇÃO
ProfLetras de Dourados abre processo seletivo para alunos regulares

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
OPERAÇÃO REMAKE
Gaeco cumpre mandados e apura desvio de R$ 670 mil em sindicato
BR-163
Gol carregado com maconha é apreendido em Dourados
ÁGUA BOA
Homem armado invade casa e leva dinheiro da vítima