Menu
Busca quarta, 26 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
PREVENÇÃO

Dourados está entre as cidades prioritárias para ações contra sífilis

01 novembro 2017 - 06h47Por Da Redação

 Dourados e Campo Grande estão entre as cidades prioritárias e receberão verba do Ministério da Saúde para ações de diagnóstico, vigilância, tratamento e realização de pesquisas para conter o avanço da sífilis.

Órgão federal anunciou hoje o repasse de R$ 200 milhões, por meio de emenda parlamentar, para os 100 municípios que concentram 60% dos casos de sífilis no país. 

Segundo o jornal Correio do Estado, o Governo Federal, Estados e Municípios vão intensificar ações de prevenção, diagnóstico e tratamento da doença. Não foi informado qual valor de repasse para cada município. 

De acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira, dia 31 de outubro, pelo Ministério da Saúde, em 2016, foram registrados 434 casos de sífilis em gestantes em Mato Grosso do Sul e 167 casos de sífilis congênita, sendo 165 casos diagnosticados em crianças menores de 7 dias e dois casos em crianças entre 7 e 27 dias.

Não há no boletim o número total de casos de sífilis adquirida, que são os casos da doença diagnosticada em homens e mulheres não gestantes da população em geral.

Em Campo Grande, foram 143 casos de sífilis em gestantes no ano passado e 49 casos de sífilis congênita. Já em Dourados, foram diagnosticados 54 casos de sífilis em gestantes e 44 de sífilis congênita.

AÇÕES

A estratégia do Ministério da Saúde, chamada de Resposta Rápida à Sífilis nas Redes de Atenção, foi pactuada na Comissão Intergestores Tripartite (CIT), que conta ainda com parceria de órgãos internacionais, associações e sociedades médicas.

De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a ampliação do diagnótico e do tratamento é fundamental para reduzir os índices da doença.

“Garantimos o abastecimento dos municípios com a penicilina e ampliamos também a oferta dos testes. Mas ainda é necessária uma mudança no comportamento dos profissionais de saúde e também da população”, disse.

O Ministério da Saúde assumiu a compra centralizada da penicilina. Foram destinados R$ 13,5 milhões para a aquisição de 2,5 milhões de ampolas de penicilina benzatina, para o tratamento da sífilis adquirida e em gestantes, além de 450 mil ampolas da penicilina cristalina, para tratar a doença em bebês. A quantidade garantirá o abastecimento da rede pública até 2019.

Para ampliar o diagnóstico, uma das ações do plano é o aumento da testagem, principalmente em gestantes, tendo em vista que a identificação no primeiro trimestre da gestação e o tratamento adequado impedem a transmissão da doença da mãe para o bebê.

O plano prevê ainda a implantação de linhas de cuidado para a sífilis, com acompanhamento de crianças expostas a doença e também com intervenção em população chave, e ampliação dos comitês para Investigação da Transmissão Vertical e fortalecimento das Salas de Situação em estados e municípios para o monitoramento da situação epidemiológica.

No eixo de pesquisa e comunicação, está prevista a realização de campanhas educativas durante todo o ano e incentivos para desenvolvimento de estudos e pesquisas voltados para o enfrentamento e monitoramento da doença.

A DOENÇA

A sífilis uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema pallidum e transmitida de uma pessoa infectada para outra durante o sexo desprotegido, através da transfusão de sangue e da mãe infectada para o bebê durante a gestação ou no parto.

Todas as pessoas sexualmente ativas devem realizar o teste para diagnosticar a sífilis, principalmente as gestantes, pois a doença na forma congênita pode causar aborto, má formação do feto e/ou morte ao nascer.

O exame está disponível para a população em geral em todas as unidades básicas de saúde (UBS) e de saúde da família (UBSF) e são realizados pelos enfermeiros.

Após o diagnóstico da sífilis, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível e é recomendado pelo profissional de saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Aline Riscado curte praia com amigas e impressiona com corpão sarado
UFMS
PF investiga denúncia de acadêmico que ameaçou professores e alunos
OPORTUNIDADE
CIN abre vagas a curso de comércio exterior em Dourados
CAMPO GRANDE
Prefeitura abre inscrição para contratar médicos com salário de R$ 12 mil
UEMS
De Pais para Filhos chega em Dourados no próximo fim de semana
CAPITAL
Com suspeita de tuberculose, idosa espera vaga em hospital há 5 dias
PROGRAMA
Governo lança plano para reduzir à metade nº de mortos no trânsito
ANASTÁCIO
Após engravidar do pai, adolescente dá à luz e decide criar bebê
ELEIÇÕES 2018
TSE aceita registro de candidatura de Haddad à Presidência
EDUCAÇÃO
ProfLetras de Dourados abre processo seletivo para alunos regulares

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
OPERAÇÃO REMAKE
Gaeco cumpre mandados e apura desvio de R$ 670 mil em sindicato
BR-163
Gol carregado com maconha é apreendido em Dourados
ÁGUA BOA
Homem armado invade casa e leva dinheiro da vítima