25/10/2013 16h30

Dourados aguarda recursos para finalizar frigorífico de peixe

Superintendente da Pesca em Mato Grosso do Sul vistoriou instalações e disse que recursos devem ser liberados ainda neste ano

 

Assecom
Superintendente da Pesca Luiz Figueiró (à esq.) vistoriou as obras do frigorífico de peixe de Dourados

Crédito: A. Frota

A Prefeitura de Dourados aguarda a liberação de R$ 2,5 milhões do governo federal para finalizar a obra, equipar e dar início ao abate no frigorífico de peixe. Na manhã desta sexta-feira, o superintendente do Ministério da Pesca e Aquicultura em Mato Grosso do Sul, Luiz David Figueiró, vistoriou as instalações e anunciou que o recurso deve ser liberado ainda neste ano para a conclusão da obra em 2014.

O superintendente estava acompanhado do fiscal do ministério em MS Celso Benites e foi recebido pelo secretário de Agricultura e Economia Solidária Landmark Ferreira Rios e pelo secretário de Planejamento Gerson Schautz.

Os vereadores Alberto Alves dos Santos (Bebeto), Silas Zanata e Madson Valente, da Comissão de Agricultura da Câmara, e ainda Dirceu Longhi, participaram da visita.

Durante a conversa, Gerson revelou que um dos problemas da obra foi a falta de projeto. A obra começou duas administrações antes da atual apenas com projeto da parte de alvenaria.

“A prefeitura investiu R$ 138 mil para a elaboração do projeto completo, inclusive com todas as planilhas de orçamento, e agora não é apenas um entreposto, mais um frigorífico”, ressalta. Só para a elaboração do projeto foram necessários seis meses e foi preciso contratar um técnico do Rio Grande do Sul.

A partir do momento da regularização da obra, o prefeito Murilo buscou os recursos para a conclusão. Foi acertado um recurso de R$ 5 milhões de emendas com o senador Delcídio Amaral. A metade que será liberada este ano garantirá o início do abate no final do ano que vem. A outra parte, prevista para ser empenhada em 2014, é para a finalização do projeto em 2015.

“Nós temos muito interesse em concluir esse frigorífico e estamos trabalhando para isso”, disse o superintendente aos secretários. Figueiró também destacou a piscicultura, como tudo em Dourados, que avança em pesquisa e estrutura, citando os centros de pesquisa da Embrapa Agropecuária Oeste e da UFGD. Também lembrou que Dourados tem a única indústria de grande porte de ração para peixes do Estado.

CADASTRAMENTO

O superintendente disse que o próximo passo é fazer um mutirão de cadastramento dos piscicultores de Dourados para identificar as demandas reais locais. “Nós precisamos saber quantos piscicultores tem, o que eles produzem, o quanto produzem”, ressaltou. Isso facilitará a destinação de recursos para apoio ao setor no município.

Para o fiscal Celso Benitez, a conclusão do frigorífico de peixes de Dourados “é uma questão social”. O frigorífico deveria ter sido finalizado em 2010, mas ficou apenas no prédio administrativo naquele ano.

Com a elaboração do projeto completo pelo prefeito Murilo, o entreposto se tornou frigorífico, adaptado às modernas técnicas de abate e processamento e apto, inclusive, para a exportação. A capacidade de abate poderá ser ampliada dos atuais 5 mil quilos diários por turno para 10 mil quilos. Em três turnos poderá no futuro abater 30 mil quilos de peixes por dia, atendendo bem a demanda dos pequenos produtores da região.

Já estão prontas as obras de engenharia da administração, vestiário e sala inspeção e ainda do local de abate, processamento e armazenagem. É preciso executar todas as obras complementares, como acabamento, asfaltamento, rebaixamento de rede elétrica, sistemas de abastecimento e coleta de água e adquirir todos os equipamentos. Só para comprar os equipamentos serão necessários em torno de R$ 2 milhões.

2011 © - Dourados News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet
Tel. (67) 3423-5060 - 55 (67) 3421-6196
Rua Hilda Bergo Duarte, 462 - 1º Andar - Sala 01 - Edifício Dinho
Cep. 79.806 - 020 - Centro - Dourados - MS.