Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

Mais de dois meses após fuga, maior presídio de MS amplia videomonitoramento

11 dezembro 2019 - 12h07Por André Bento

Maior unidade penal de segurança máxima de Mato Grosso do Sul, onde foi registrada uma fuga em setembro, a PED (Penitenciária Estadual de Dourados) inaugurou nesta quarta-feira (11) novo sistema de videomonitoramento e a ampliação da área de apoio ao visitante, onde ficam provisoriamente familiares dos internos.

Segundo o diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Aud de Oliveira Chaves, os investimentos de R$ 150 mil visam melhorar as condições de trabalho dos servidores, dos familiares que visitam a população carcerária de aproximadamente 2,6 mil presos, e garantir a segurança dos reeducandos.

“É a maior unidade do Estado. Então nós temos buscado investimentos para melhorar o atendimento ao público, às pessoas que vêm visitar a unidade, advogados, familiares, e melhorar as condições para os agentes”, explicou ao Dourados News

“Trabalhamos com ressocialização, que é colocar pessoas melhores na sociedade. Hoje esses internos estão aqui, amanhã podem ser seu vizinho. Queremos que sejam pessoas melhores. Para isso temos que fazer dentro das unidades penais trabalho que possa oportunizar a eles entender que o crime não compensa, que existem outras alternativas”, destacou.

Antônio José dos Santos, diretor da PED, negou que a construção da sala de 36 metros quadrados com câmeras de alto alcance e monitores de TV tenha sido motivada pela fuga ocorrida no dia 26 de setembro.

“Por questão de segurança nós conseguimos trazer a estrutura que ficava na parte interna para a externa, mas ao lado da muralha. Isso dá mais segurança para o servidor, principalmente plantonistas, e até segurança dos próprios presos. Instalamos câmeras de alta precisão para dar mais segurança no nosso trabalho no nosso dia a dia”.

Sobre a tentativa de fuga em massa ocorrida há dois meses, quando internos do Raio II foram flagrados ao tentar transpor a muralha com uma corda improvisada, ele pontuou que nove foram capturados graças ao videomonitoramento já existente.

Agora, com a nova estrutura, ele acredita que será suprida a falta de escolta da Polícia Militar. “Nosso agente já fica escalado na sala de monitoramento e qualquer alteração a gente comunica com a Polícia Militar e já passa as informações do que está acontecendo na unidade”, informou Santos.

Para o promotor de Justiça Juliano Albuquerque, que atua na área de execução penal, a estrutura inaugurada hoje é importante em dois aspectos. “Primeiro para dar maior qualidade de trabalho para os servidores penitenciários e também para segurança dos próprios internos. Já existia um sistema de vídeo na unidade há bastante tempo e foi deslocada a sala para fins de segurança e também melhoria na ampliação de câmeras e vídeo”, elencou.

Ele ressaltou também que o próprio preso terá mais segurança, já que as câmeras abrangem não só o aspecto da segurança nas celas, mas também os setores de trabalho, saúde, a parte administrativa. E a reforma da área de apoio ao visitante, que ganhou dois novos banheiros e melhorou as condições de acessibilidade, visa dar melhores condições para familiares que acampam provisoriamente em dias de visita.

Quanto à superlotação, o promotor de Justiça pondera ser um problema geral no sistema carcerário do Brasil, mas aponta a busca contínua por alternativas. “Gradativamente a população carcerária aumenta, é uma realidade nacional, e temos buscado dar mais opção de trabalho, de estudo, para que possam cumprir a pena mais rapidamente. E conceder mais estrutura no próprio presídio”, disse.

Conforme o diretor da PED, atualmente mais de 700 trabalham dentro da unidade, meio de ter uma ocupação laboral e reduzir o tempo de pena. Ele elogiou o trabalho da Congregação Cristã, que atua na evangelização e possibilitou, no evento de hoje, apresentação musical com internos.

“Aqui dentro também tem muita coisa boa. Essas pessoas estão aqui de passagem e que essa passagem possa ser boa”, destacou o promotor de Justiça que atua na execução penal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRADUAÇÃO
UFGD anuncia matrículas para aprovados via Sisu a partir de sexta-feira
BRASIL
Confiança do empresário da construção é a maior em dez anos, diz CNI
REGIÃO
Sicredi Centro-Sul MS divulga datas e locais das assembleias
CAPITAL
PMA captura macaco bugio dentro de residência em MS
DOURADOS
Dois fenômenos climáticos causam estragos em raio de 3,5 km no mesmo mês
VIOLÊNCIA
Brasil registra 124 assassinatos de pessoas transgênero em 2019
MS
Homem é flagrado com carro roubado pela terceira vez em sete meses
ARTIGO
Por que os homens temem as mulheres?
ESTADO
Empresa de pulverização de agrotóxico é embargada no interior
BRASIL
STJ nega liberdade a suposto integrante de facção denunciado por tráfico de drogas

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
JARDIM FLÓRIDA
Homem é preso acusado de 'passar a mão' em menina de 11 anos