Menu
Busca domingo, 19 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
SAÚDE PÚBLICA

Diretor do Ministério da Saúde atesta estrutura de Oncologia de Dourados

04 outubro 2017 - 16h35Por Da Redação

O diretor de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, Fernando Machado, disse nesta quarta-feira (4), após conhecer as instalações do Hospital Cassems e a estrutura que está sendo montada pelo CTCD (Centro de Tratamento do Câncer de Dourados), que não existe nenhum impedimento para que os serviços de Oncologia recebam o atestado de qualidade do Ministério.


Machado veio a Dourados para conferir, juntamente com a coordenadora geral de Atenção Hospitalar do Ministério, Rosecleia Pogere, a estrutura que está sendo adequada depois que o Hospital Evangélico decidiu suspender esse tipo de atendimento, para o qual era credenciado, o que obrigou o Município a realizar processo de licitação que culminou na escolha do CTCD e da Cassems para não paralisar o serviço.


“Não vi nada que possa caracterizar algum tipo de óbice à autorização, por parte do Ministério, para que a Oncologia e a Cardiologia de alta complexidade sejam aqui realizadas”, disse Fernando Machado, após percorrer as dependências do Hospital Cassems, acompanhado pelo diretor administrativo da unidade em Dourados, Jean Davi e do secretário municipal de Saúde, Renato Vidigal. O diretor também manteve rápido contato com a prefeita Délia Razuk.


Depois que o processo foi judicializado, de acordo com a Secretaria municipal de Saúde, o certame de licitação contemplou o atendimento nas áreas de Radioterapia e Quimioterapia para ser prestado no CTCD, o Centro de Tratamento de Câncer de Dourados e os procedimentos cirúrgicos, pela Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul). Segundo o edital, as duas empresas ganharam um prazo de 180 dias para promover os ajustes necessários ao atendimento satisfatório.


“Estamos dentro do prazo, e acompanhando rigorosamente as adequações que tanto a Cassems como o CTCD estão fazendo para cumprir o contrato”, informou o secretário Vidigal. “Esse período de transição é natural”, ainda mais depois que o serviço existente foi interrompido, concordou o representante do Ministério da Saúde.


Ainda durante a visita a Dourados, Fernando Machado e Rosecleia Pogere trataram, com o secretário de Saúde e o diretor da Cassems, além do diretor do CTCD, David Infante Vieira, de novos programas do Ministério que poderão ajudar a dinamizar ainda mais o serviço. “Hoje a nossa meta é mais ambulatorial, para reduzir o número de internações e assim que o Município se manifestar, nós temos condições de trazer uma estrutura que vai ajudar o paciente no processo de recuperação”, concluiu.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Caminhonete é furtada durante a madrugada no Residencial Pelicano
DOURADOS
Ladrão é preso ao furtar capacete para trocar por droga
CORUMBÁ
Incêndio destrói galpão ferroviário
DOURADOS
Homem morre no HV nove dias após ser encontrado ferido
PREVISÃO
Semana deve permanecer “seca” em Dourados
DOURADOS
Mato-grossenses são flagradas com malas “recheadas” com maconha
FRONTEIRA
Trio suspeito de matar policial paraguaio é preso
FRONTEIRA
Populares encontram aeronave caída próximo a Coronel Sapucaia
SUB-19
Sete vence e fica perto da vaga na Copa SP; Aquidauanense conquista o título
ALTOS DO INDAIÁ
Trio é detido suspeito de furtar casa em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Traficante é preso e ponto de drogas era mantido em frente a escola
TRÁFICO DE DROGAS
Traficante é preso com skunk na rodoviária de Dourados
DOURADOS
Autor de furto em chácara é preso logo após vítima denunciar caso
DOURADOS
Jovem tem moto furtada no centro