Menu
Busca segunda, 21 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SEVILHA ODONTOLOGIA

Dia dos Namorados deve movimentar R$ 4 mi em Dourados

04 junho 2011 - 10h41

O Dia dos Namorados, que será comemorado na semana que vem, deve aquecer as vendas no comércio de Dourados em R$ 4 milhões, quando 65% dos douradenses devem sair às compras. Os números são resultados de pesquisa realizada entre o Instituto Fecomércio, em parceria com o Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados), Universidade Anhanguera/Uniderp e Fundação Manoel de Barros.


Os dados foram apresentados ontem, pelo presidente do Sindicom, Valter Castro e pelo diretor superintendente do Fecomécio, Thales de Souza Campos. A pesquisa também aponta que o consumidor está mais preocupado com seus gastos, sendo que 52% dos entrevistados pretendem pagar suas compras à vista. Já o pagamento por cartão de crédito foi citado por 41% de possíveis compradores, ficando reduzidas as compras à prazo, sendo que 48% disseram preferir pagar até em duas prestações.


O perfil das compras deste ano deve seguir na busca de presentes úteis e tradicionais. Entre os itens apontados as roupas seguem como a primeira escolha (17%), seguido de perfume (14%) e calçados (11%). Quando perguntado sobre o presente que gostaria de ganhar a pesquisa revela pequenas diferenças, sendo roupas (14%), seguido de perfumes (12%), calçados (11%) e eletrônicos (9%).


As lojas do centro da cidade têm preferência de 58% dos entrevistados, seguido do Shopping Avenida Center (36%) e compras pela internet (4,5). A grande maioria das festividades para o comemoração do Dia dos Namorados será em casa (41%). Outras escolhas são de comemorar em restaurantes (29%), no motel (11%) e bar ou boate (7%).

ESTADO

No Mato Grosso do Sul a expectativa de vendas para o Dia dos Namorados é de R$ 109 milhões. O levantamento indica que o valor médio que o consumidor pretende gastar no estado é de R$ 98, sendo que 64% dos entrevistados disseram que irão pagar a vista.


Ao comprar os presentes, a pesquisa revela que os consumidores levarão em conta algumas considerações importantes. Comprar ou não está associado ao desconto de preço para 25% dos namorados, quando dizem que deverão considerar a marca do produto (17,6%) e a promoção do preço (14,4%). “Esta percepção do consumidor indica que o lojista deve estar preparado para negociar preços e mostrar o valor relativo entre a marca do produto e a sua qualidade”, ressalta Thales de Souza Campos.


Foram entrevistadas 1781 pessoas, nas cidades de Aquidauana, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados, Naviraí, Paranaíba, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AOS 57 ANOS
Luiza Tomé ostenta corpão em rede social
AGENDA
Assembleia homenageia Força Expedicionária e debate Escola sem Partido
PREOCUPAÇÃO
Defesa Civil do Estado avalia impactos da cheia do Pantanal nas áreas ribeirinhas
FUTEBOL DE BASE
Definidos confrontos da segunda fase da Copa Mirim “João Ângelo Rocha”
EDUCAÇÃO
Novo convênio permitirá que brasileiros usem nota do Enem em Portugal
PLANEJAMENTO
Inventário turístico de Dourados começa a ser atualizado
SEGURANÇA PÚBLICA
Números apontam redução da criminalidade em MS
Após fugir e cair em barranco, homem foge e abandona 300 kg de maconha
OPORTUNIDADE
Governo publica editais para 36 especialistas e profissionais da saúde no concurso da PM e Bombeiros
PARANAÍBA
Motorista foge após causar acidente e agredir mulher

Mais Lidas

BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro