Menu
Busca quarta, 21 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Desfile cívico leva mais de 20 mil pessoas à Marcelino Pires

07 setembro 2017 - 12h20

O Desfile cívico em Dourados na manhã desta quinta-feira (07) contou com a presença de mais de 20 mil pessoas. O levantamento é da Polícia Militar que estima a passagem de 20 a 25 mil pessoas na avenida Marcelino Pires. A atração começou por volta das 08h.

A prefeita Délia Razuk realizou o hasteamento da bandeira para dar abertura ao evento. Logo no início das atividades, um grupo de professores e moradores do parque dos Jequitibás protestava contra a administração municipal.

O palanque foi composto por vereadores e secretários municipais. As ações tiveram início com apresentações do Exército que levou à avenida a banda, viaturas e equipe. Na sequência, o Corpo de Bombeiros, a Guarda Municipal, Polícia Militar e Defesa Civil participaram do ato.

As escolas municipais e Ceim’s (Centros de Educação Infantil Municipal) participaram com danças, fanfarras, apresentações artísticas e com temas de conscientização como meio ambiente, respeito cultural, inventivo a leitura, entre outros.

Participantes de ações do projeto Palco para Todos levaram danças e atividades esportivas à avenida. Associações como o Centro de Deficientes, cultura japonesa e o CTG (Centro de Tradições Gaúcha) também marcaram presença.

A prefeita Délia Razuk disse que "o desfile foi organizado com muito carinho pela equipe e que a administração seguirá no incentivo do civismo com carinho e compromisso".

Ainda antes do término das apresentações, o Grito dos Excluídos reuniu dezenas em frente ao palanque. Eles permaneceram no local por algum tempo, quando foram alertados por policiais militares para abrirem espaço para o término das apresentações.

As reivindicações principais eram as dos professores que estão em greve e solicitam reajuste salarial. Além disso, os bancários se posicionavam contra a terceirização. Haviam ainda temáticas como o empoderamento feminino e contra o cenário político em geral.

Alguns manifestantes contestaram o pedido de deixarem o local. Neste momento, uma mulher acusou um homem de agressão.

O fato foi negado, porém, ambos acabaram levados para prestarem esclarecimento [entenda](http://www.douradosnews.com.br/dourados/confusao-marca-encerramento-do-desfile-em-dourados).

Parte das autoridades políticas não permaneceram até o final do desfile que se encerrou por volta das 11h.
Ainda conforme a PM, o número de participantes deste ano supera o de 2016 quando o registro foi de 15 mil em média.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ana Morais, caçula de Glória Pires aproveita o feriado na piscina
POLÍTICA
Senado aprova aumento de multa para quem desistir de imóvel na planta
DESCAMINHO
PRF prende dupla transportando 6,4 mil maços de cigarros na BR-163
OAB MS
Mansour Karmouche é reeleito para comando da OAB/MS
FUTEBOL
Santos deve manter Dodô e pode perder Vanderlei para o Flamengo
ELEIÇÕES
Alexandre Mantovani é eleito presidente da OAB em Dourados
IVINHEMA
Mulher morre após sofrer queda de motocicleta em estrada vicinal
POLÍTICA
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
DOURADOS
UEMS realiza simpósio e comemora 10 anos de Educação a Distância
PESQUISA
Relatório inédito prova que ondas de celulares causam câncer em ratos

Mais Lidas

BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
FAZENDA
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai
TRAGÉDIA
Adolescente morre eletrocutado em Dourados