Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Desfile cívico leva mais de 20 mil pessoas à Marcelino Pires

07 setembro 2017 - 12h20

O Desfile cívico em Dourados na manhã desta quinta-feira (07) contou com a presença de mais de 20 mil pessoas. O levantamento é da Polícia Militar que estima a passagem de 20 a 25 mil pessoas na avenida Marcelino Pires. A atração começou por volta das 08h.

A prefeita Délia Razuk realizou o hasteamento da bandeira para dar abertura ao evento. Logo no início das atividades, um grupo de professores e moradores do parque dos Jequitibás protestava contra a administração municipal.

O palanque foi composto por vereadores e secretários municipais. As ações tiveram início com apresentações do Exército que levou à avenida a banda, viaturas e equipe. Na sequência, o Corpo de Bombeiros, a Guarda Municipal, Polícia Militar e Defesa Civil participaram do ato.

As escolas municipais e Ceim’s (Centros de Educação Infantil Municipal) participaram com danças, fanfarras, apresentações artísticas e com temas de conscientização como meio ambiente, respeito cultural, inventivo a leitura, entre outros.

Participantes de ações do projeto Palco para Todos levaram danças e atividades esportivas à avenida. Associações como o Centro de Deficientes, cultura japonesa e o CTG (Centro de Tradições Gaúcha) também marcaram presença.

A prefeita Délia Razuk disse que "o desfile foi organizado com muito carinho pela equipe e que a administração seguirá no incentivo do civismo com carinho e compromisso".

Ainda antes do término das apresentações, o Grito dos Excluídos reuniu dezenas em frente ao palanque. Eles permaneceram no local por algum tempo, quando foram alertados por policiais militares para abrirem espaço para o término das apresentações.

As reivindicações principais eram as dos professores que estão em greve e solicitam reajuste salarial. Além disso, os bancários se posicionavam contra a terceirização. Haviam ainda temáticas como o empoderamento feminino e contra o cenário político em geral.

Alguns manifestantes contestaram o pedido de deixarem o local. Neste momento, uma mulher acusou um homem de agressão.

O fato foi negado, porém, ambos acabaram levados para prestarem esclarecimento [entenda](http://www.douradosnews.com.br/dourados/confusao-marca-encerramento-do-desfile-em-dourados).

Parte das autoridades políticas não permaneceram até o final do desfile que se encerrou por volta das 11h.
Ainda conforme a PM, o número de participantes deste ano supera o de 2016 quando o registro foi de 15 mil em média.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Guedes: governo vai acelerar privatizações até final do ano
LOTERIA
Prêmio da Mega deve pagar R$ 31 milhões nesta quarta
MIRANDA
Prefeita é afastada por compra de votos e TRE/MS determina novas eleições
DOURADOS
Na ExpoMundi, stand sulista mata a saudade das delícias do Rio Grande
BRASIL
Lava Jato cumpre mandados de prisão por propina paga a 2 ex-ministros
CAMPO GRANDE
Nelsinho Trad intervém pela proposta do irmão em transformar hotel em casas populares
JUDICIÁRIO
Casos de facções rivais e de serial killer estão entre os júris da semana
JAPORÃ
Suspeito de tentativa de homicídio é preso no Sul do MS
REGIÃO
Em Jateí, programa de combate ao tabagismo incentiva mudança de hábitos e promove qualidade de vida
LEGISLATIVO DE MS
Proposta quer penalizar locadora com veículo licenciado fora de MS

Mais Lidas

DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG
JOAQUIM TEIXEIRA ALVES
Mulher perde quase R$ 4 mil em assalto no Centro de Dourados