Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Délia revoga nomeação de coordenadora da intervenção na Funsaud

23 agosto 2019 - 10h57Por André Bento

A prefeita Délia Razuk (sem partido) revogou trecho de decreto que nomeava Maria Izabel de Aguiar coordenadora geral da intervenção na Funsaud (Fundação dos Serviços de Saúde de Dourados). A fundação está sob comando direto da prefeitura desde 13 de junho por causa de crise financeira agravada por dívidas superiores a R$ 21 milhões.

Publicado em edição suplementar do Diário Oficial do Município desta sexta-feira (23), o Decreto nº 2.064 de 22 de agosto de 2019 altera redação de dispositivos do Decreto nº 1.889 de 11 de junho que dispõe sobre a Intervenção Municipal na Fundação de Serviços de Saúde de Dourados.

Além de revogar a nomeação de Maria Izabel, também revoga o § 2º do art. 3º do Decreto nº 1.889 de 11 de junho de 2.019, que delegava à coordenadora geral o poder de assinar todos os atos administrativos de gestão da intervenção juntamente com o Interventor, que é a secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado Souza.

Nessa mesma edição do Diário Oficial do Município, a prefeita também exonerou Sandra Maria de Lima do cargo de Diretora Administrativa da Fundação de Serviço de Saúde de Dourados, símbolo DEC 01.

Ao mesmo tempo, nomeou para essa função Mateus Tavares Fernandes, que ocupava cargo de provimento em comissão de “Diretor de Departamento”, símbolo “DGA-3”, lotado na Secretaria Municipal de Saúde.

Criada em 2014 para administrar o Hospital da Vida e a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), a Funsaud tornou-se alvo de intervenção por causa da crise financeira e “iminente perigo público de interrupção do atendimento clínico oferecido pelas unidades”.

Com o decreto de 13 de junho que delegou à secretária municipal de Saúde o papel de interventora, o município assumiu a responsabilidade sobre as movimentações financeiras, administrativas e operacionais da fundação, como: gestão das unidades de saúde Hospital da Vida e Upa; controle dos recursos financeiros, estruturais e humanos da fundação; e assinatura e rescisão de contratos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Câmara disponibiliza nova participação dos cidadãos em projetos de lei
POLÍCIA
Homem é autuado em R$ 750 mil por tráfico de papagaios
BRASIL
Abuso de autoridade: dividido, Senado será decisivo para manter ou derrubar vetos de Bolsonaro
BRASIL
Caixa registra 12 milhões de transações após liberação do FGTS
MS
Setembro é mês para licenciar veículos com placa final 9
QUADRO DE SAÚDE
Bolsonaro aceita bem dieta cremosa e haverá redução da alimentação na veia, diz boletim médico
ESPORTES
Corinthians: conselho deve convocar Andrés para explicações
CONSCIENTIZAÇÃO
Programação pelo Dia da Árvore tem início nesta segunda em Dourados
TRAGÉDIA
Homem morre e três ficam em estado grave em acidente na MS-429
NOVA ANDRADINA
Jovem é preso com porções de cocaína em bar

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista faz ‘strike’ de motos no Centro e deixa três feridos
DOURADOS
Força-tarefa tira mais de 20 veículos de circulação na Coronel Ponciano
TRAGÉDIA
Cantor sertanejo morre em acidente de carro no MS
DOURADOS
Armados, indígenas se aproximam de seguranças em área invadida na Perimetral Norte