Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Defesa de Idenor vai à Justiça para tentar barrar nova sessão

25 junho 2019 - 21h10Por Adriano Moretto

A defesa do vereador afastado, Idenor Machado (PSDB), foi à Justiça para tentar barrar a sessão especial de julgamento agendada para quarta-feira (26/6), às 18h, na Câmara local, porém, teve o pedido negado pelo juiz da 6ª Vara Cível de Dourados, José Domingues Filho. 

No dia 20 de maio, Idenor teve arquivada a denúncia por quebra de decoro parlamentar feita pelo farmacêutico bioquímico, Racib Panage Harb, por suspeita de participar de suposto esquema de corrupção no Legislativo.  

Mas, a Mesa Diretora da Casa, acatando recomendação do Ministério Público Estadual, anulou não só a sessão que julgou o vereador tucano, como também outras três envolvendo Denize Portollan (PR) – única cassada -, Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM), ambos absolvidos.

A argumentação do MPE é de que houve vícios nas votações, já que os suplentes foram impedidos de se posicionar. 

Na sessão em que o ex-presidente da Câmara escapou da cassação, Marinisa Mizoguchi (PSB) e Toninho Cruz (PSB) não puderam participar. 

Para que ocorra a perda dos direitos políticos, é necessário maioria absoluta dos votos, ou seja, 13 dos 19 vereadores precisam ser favoráveis. 

No caso em questão, com a impossibilidade de participação de Marinisa e Toninho, a sessão terminou com 11 votos pró-cassação contra seis pelo arquivamento, todos dados pela base aliada da prefeita Délia Razuk (PR) na Casa.  

Idenor, assim como Cirilo e Pepa foram presos no dia 5 de dezembro do ano passado por suspeita de envolvimento em esquema de corrupção na Casa, que resultou na Operação Cifra Negra.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NORONHA
Isis Valverde relembra foto de biquíni em cenário paradisíaco
FATALIDADE
Vítimas de grave acidente em Bataguassu serão veladas neste sábado
JUSTIÇA
Direitos da criança e do índio são preservados em adoções por indígenas
CAPITAL
Polícia pede prisão de comerciante suspeito de matar o próprio tio
LEGISLAÇÃO
Detran esclarece Lei que permite transferência de multas e pontos na CNH
CORRUPÇÃO
Traficantes acusam polícia paraguaia de cobrar R$ 30 mil para liberar droga
ESPORTES
Mundo Novo abre a 2ª fase da Copa Assomasul de futebol
CORUMBÁ
Justiça nega prisão de médico suspeito de cobrar por cirurgia do SUS
CAMPO GRANDE
Homem agride ex-esposa gestante em posto de saúde e acaba preso
MINISTÉRIO PÚBLICO
Concurso da PRF: após ação, banca convoca mais candidatos negros

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso