Menu
Busca segunda, 20 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Comunidade pode doar materiais da cultura indígena

Cultura convida comunidade para doação de materiais da cultura indígena

27 setembro 2017 - 16h00Por Assessoria

A Coordenadoria de Cultura da UFGD está fazendo um chamado público para a doação de peças diversas, objetos antidos ou materias como cartas, livros, fotografias e desenhos relacionados à cultura indígena, espeficiamente sobre a comunidade da Reserva Indígena de Dourados, e também sobre o Serviço de Proteção aos Índios (SPI) e Fundação Nacional do Índio (FUNAI).


A coleta dos objetos servirão para a Terceira Exposição "Culturas Indígenas", que este ano terá como tema central os 100 anos de criação da Reserva Indígena de Dourados. Os objetos doados também vão integrar o acervo do Laboratório de Ensino e Pesquisa de História Indígena de forma permanente e poderá ser objeto de pesquisa posterior.


Segundo a coordenadora da exposição, professora Graciela Chamorro, o passado dessa comunidade se dá também através de documentos escritos, testemunhos orais, fotografias, desenhos, pinturas e objetos materiais da época, que se tornaram suportes de memória e por isso esse chamamento público como forma de colaboração também ao resgate da história dos indígenas do município.


"Lamentavelmente é muito pouco o que temos em Dourados sobre a criação e o desenvolvimento da Reserva Indígena e os demais episódios ligados a ele. E como falar desse passado? Como imaginar-se os povos indígenas de então, o povoado que deu início a Dourados, a Missão Caiuá que teve uma intensa interação com os povos indígenas e com os moradores da futura cidade?", enfatizou. 


A exposição será realizará no saguão do Núcleo de Estudos Estratégicos de Fronteira - NEEF, de 18 a 27 de outubro, e conta com o apoio da Coordenadoria de Cultura da UFGD através do Projeto Galeria Itinerante. 


Os interessados em colaborar devem entrar em contato com Ângela Schwingel da COC, através do telefone 3410-2874 e do e-mail: angelaschwingel@ufgd.edu.br.


A Reserva Indígena de Dourados


A criação da Reserva Indígena de Dourados se deu em 1917, fato que afetou a vida das famílias indígenas recolhidas na reserva, como também a história do povoado de Dourados. A criação da Reserva tem a ver com a história do Brasil e com a reação do país às críticas recebidas de intelectuais do exterior sobre o extermínio de indígenas em curso.


Doze anos depois da criação da Reserva, chegaram a Dourados metodistas e presbiterianos brasileiros e norte-americanos, para catequizar os indígenas. Através destes missionários, os Kaiowá, Guarani e Terena ficaram conhecidos nas cidades do Brasil onde circulavam os jornais dessas igrejas, bem como no Sul dos Estados Unidos, de onde procediam os missionários estrangeiros. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Moraes diz que multas a caminhoneiros não podem ser perdoadas
EDUCAÇÃO
Universidades vão escolher como distribuir bolsas de doutorado
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta e vai a R$ 3,95, maior valor desde fevereiro
SELEÇÃO ESTAGIÁRIOS
HU-UFGD divulga resultado preliminar da seleção pública de estagiários
AÇÃO CONJUNTA
Ação conjunta entre PF e PMA autua seis pescadores do Paraná por pesca ilegal
HOMENAGENS
Solenidade marca o Dia Estadual do Ensino Superior
BRASIL
Ministério Público reitera ao TSE parecer pela inelegibilidade de Lula
CAMPO GRANDE
Carro "desce" a rua após ser estacionado e cai em córrego
ELEIÇÕES 2018
Odilon nega “ataque” a Pedro Chaves e diz que nota foi endereçada àqueles que falam em sua desistência
RORAIMA
Força Nacional chega a Boa Vista para reforçar segurança na fronteira

Mais Lidas

BR-463
Acidente mata motociclista que tentava atravessar rodovia em Dourados
BRUTALIDADE
Estudante de medicina brasileira é assassinada na fronteira
FRONTEIRA
Trio suspeito de matar policial paraguaio é preso
FRONTEIRA
Dois são executados a tiros de pistola e fuzil