Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
TRAGÉDIA

Criança morre em hospital e polícia investiga estupro de vulnerável

22 setembro 2019 - 08h41Por Carlos Ferraz / Osvaldo Duarte

Um menino de apenas um ano de idade, morador no jardim Monte Líbano, periferia de Dourados, passou mal ao ficar engasgado, no início da tarde deste sábado, dia 21 de setembro e foi socorrido pelos próprios pais e encaminhado para o hospital da Cassems, onde recebeu atendimento médico, mas acabou morrendo.

No laudo expedido pelo médico que atendeu o garoto, conta como causa da morte uma parada cardiorrespiratória por broncoaspiração e também aponta uma provável fissura anal existente já a algum tempo, sem que isso tenho contribuído para a morte da criança.

O caso foi registrado no plantão da delegacia do 1º Distrito Policial de Dourados, que vai investigar um possível estupro de vulnerável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

É LEI
Dia Estadual de Combate à Mortalidade Materna é instituído em MS
CAMPO GRANDE
Escolas particulares terão que encaminhar lista de material ao Procon antes de pedidos
SHOWBIZZ
Após 8 anos chega ao fim o casamento de Fernanda Souza e Thiaguinho
POLÍTICA
Câmara decide discutir prisão na 2ª instância após STF marcar julgamento
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende as comarcas de Japorã e Juti nesta semana
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta em dia de maior cautela no exterior
ITAQUIRAÍ
Inscrições para concurso com salários de até R$ 12 mil são prorrogadas
SELEÇÃO DE BASE
Seleção olímpica é derrotada para o Japão na Arena Pernambuco
CULTURA
Com orquestra de harpas, muita música e dança, 3º Festival Cultural do Chamamé foi destaque em público e negócios
SAÚDE
Dourados cede prédio no 4° Plano para implantação do Hospital do Amor

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida