Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
CULINÁRIA

‘Cozinha Experimental’ ensina quiches e tortas, 5ª-feira, em Dourados

01 outubro 2019 - 07h52Por Da Redação

O programa de prevenção “Cozinha Experimental” realiza curso com o tema “Quiches e Tortas” na próxima quinta-feira, dia 03 de outubro, às 18h30, no Centro de Prevenção da Cassems, em Dourados. O programa possui o objetivo de despertar o interesse por uma alimentação saudável, gerando assim, maior qualidade de vida. Criado em 2012, o programa é realizado na capital, e, desde o ano passado, estendeu-se a Dourados.

Em Dourados, o curso acontece na Rua Mato Grosso, 1470, entrada lateral pela Rua Onofre Pereira de Matos, no Jardim Climax, o beneficiário deve ligar para (67) 3033-8350. O curso também acontece na capital, na Rua Abrão Júlio Rahe, 97. Para se inscrever, o beneficiário deve ligar no (67) 3382-8584. O valor da inscrição é de R$30,00.

Lançada junto com o Centro de Prevenção em Saúde da capital, que possui o objetivo de investir em medicina preventiva, a ‘Cozinha Experimental’ já realizou mais de 150 edições e atendeu mais de 2 mil beneficiários. No início, o programa de prevenção possuía uma concepção mais formal, um pouco diferente do que tornou-se hoje. Além de apresentar alternativas diferenciadas para uma alimentação mais saudável, os encontros buscavam superar a ideia de que a culinária nutritiva não poderia estar alinhada com preços acessíveis, sabores e tradicionalidade. As aulas resultaram, inclusive, em uma coletânea de livros mostraram que, sim, a cozinha também é lugar de prevenção em saúde.

A nutricionista e coordenadora da “Cozinha Experimental”, Melissa de Andrade, explica que o sucesso do programa de prevenção é resultado da participação assídua dos beneficiários que, além de tirarem suas dúvidas referentes à alimentação e provarem os pratos, levam os conhecimentos para casa e se tornam multiplicadores dos conteúdos aprendidos.

“Após sete anos de ‘Cozinha Experimental’, percebo que conseguimos passar os ensinamentos que tínhamos em mente e que, realmente, os beneficiários reproduziram as receitas em suas casas. Mostramos para eles que é possível ter uma alimentação saudável e, ao mesmo tempo, prática, acessível e saborosa. A saúde não precisa ficar apenas nos consultórios, o participante tem a possibilidade de levar para casa”.

De acordo com a beneficiária e frequentadora assídua das aulas, Sueli Gonçalves Alves, participar da “Cozinha Experimental” foi importante não apenas para a sua saúde. Com o programa de prevenção, ela levou as práticas em alimentação saudável também para sua família. “Com a ‘Cozinha Experimental’, descobri a possibilidade de unir uma alimentação gostosa e saudável, ao mesmo tempo. Os cursos são muito interessantes, aprendi técnicas e utilização de ingredientes que eu nem imaginava. Antes, eu tinha problemas com a glicemia alterada, me recomendaram os cursos e, desde então, pude ver melhoras na saúde”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISCUSSÃO
Justiça analisa prisão de pai e filho suspeitos de atirarem em vizinha
RIO DE JANEIRO
STF nega acesso de Flávio Bolsonaro ao depoimento de Paulo Marinho
COVID-19
Agentes do Detran/MS auxiliam em barreira sanitária nesta semana
PREVENÇÃO
Especialista alerta sobre o glaucoma, principal causa de cegueira irreversível no mundo
ECONOMIA
Caixa credita hoje Auxílio Emergencial para 7,6 milhões de trabalhadores
CORONAVÍRUS
Rapaz de 28 anos é o 1º morador de Anastácio diagnosticado com covid-19
BRASIL
Senadores aprovam convocação de Weintraub por falas em reunião
CAPITAL
A pedido da defesa “Pedreiro Assassino” é transferido para presídio
TEMPO
Terça-feira ainda fria, com sol entre nuvens em Dourados
RIO BRILHANTE
Homem é preso com carro roubado e diz que trocaria por cavalo e alfafa

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h