Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
UFGD

Coordenadoria pede doação de materiais da cultura indígena de Dourados

29 setembro 2017 - 09h31

A Coordenadoria de Cultura da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) está fazendo um chamado público para a doação de peças diversas, objetos antigos ou materiais como cartas, livros, fotografias e desenhos relacionados à cultura indígena, especificamente sobre a comunidade da Reserva Indígena de Dourados, e também sobre o SPI (Serviço de Proteção aos Índios) e a Funai (Fundação Nacional do Índio).

A coleta dos objetos servirá para a Terceira Exposição "Culturas Indígenas", que este ano terá como tema central os 100 anos de criação da Reserva Indígena de Dourados. Os objetos doados também integrarão o acervo do Laboratório de Ensino e Pesquisa de História Indígena e poderá ser utilizados como objeto de pesquisa posterior.

Segundo a coordenadora da exposição, professora Graciela Chamorro, o passado dessa comunidade se dá também através de documentos escritos, testemunhos orais, fotografias, desenhos, pinturas e objetos materiais da época, que se tornaram suportes de memória e por isso esse chamamento público como forma de colaboração também ao resgate da história dos indígenas do município.

"Lamentavelmente é muito pouco o que temos em Dourados sobre a criação e o desenvolvimento da Reserva Indígena e os demais episódios ligados a ele. E como falar desse passado? Como imaginar os povos indígenas de então, o povoado que deu início a Dourados, a Missão Caiuá que teve uma intensa interação com os povos indígenas e com os moradores da futura cidade?", enfatizou. 

A exposição será realizada no saguão do Núcleo de Estudos Estratégicos de Fronteira - NEEF, de 18 a 27 de outubro, e conta com o apoio da Coordenadoria de Cultura da UFGD através do Projeto Galeria Itinerante. 

Os interessados em colaborar devem entrar em contato com Ângela Schwingel da COC, através do telefone 3410-2874 e do e-mail: angelaschwingel@ufgd.edu.br

A Reserva Indígena de Dourados

A criação da Reserva Indígena de Dourados se deu em 1917, fato que afetou a vida das famílias indígenas recolhidas na reserva, como também a história do povoado de Dourados. A criação da Reserva tem a ver com a história do Brasil e com a reação do país às críticas recebidas de intelectuais do exterior sobre o extermínio de indígenas em curso.

Doze anos depois da criação da Reserva, chegaram a Dourados metodistas e presbiterianos brasileiros e norte-americanos para catequizar os indígenas. Através destes missionários, os Kaiowá, Guarani e Terena ficaram conhecidos nas cidades do Brasil onde circulavam os jornais dessas igrejas, bem como no Sul dos Estados Unidos, de onde procediam os missionários estrangeiros. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Adolescente nega ter estuprado irmãos e é liberado
EM BRASÍLIA
Secretário discute integração de órgãos de segurança pública
POLÍTICA
Bolsonaro assina Projeto de Lei Anticrime
GERAL
Concurso da Educação registra 18% de abstenção para administrativos e 2% para o Magistério
DOURADOS
Jornalistas planejam programação de 30 anos do Sinjorgran
DOURADOS
Candidato à reeleição da Cassems, Ayache fala sobre conquistas e propostas na nova gestão
OPERAÇÃO FANTOCHE
Alvo da PF, Fiems diz que federais buscavam informações sobre contratos entre 2010 e 2013
SAÚDE
SUS oferece atendimento gratuito às pessoas que sofrem com alcoolismo
CHEIRO DE POLÊMICA?!
Zé Loreto é criticado por suposto caso com Marina Ruy Barbosa
DOURADOS
Promotores vão à Câmara entregar documentos de investigação contra vereadores

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura