Menu
Busca domingo, 21 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
UFGD

Coordenadoria pede doação de materiais da cultura indígena de Dourados

29 setembro 2017 - 09h31

A Coordenadoria de Cultura da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) está fazendo um chamado público para a doação de peças diversas, objetos antigos ou materiais como cartas, livros, fotografias e desenhos relacionados à cultura indígena, especificamente sobre a comunidade da Reserva Indígena de Dourados, e também sobre o SPI (Serviço de Proteção aos Índios) e a Funai (Fundação Nacional do Índio).

A coleta dos objetos servirá para a Terceira Exposição "Culturas Indígenas", que este ano terá como tema central os 100 anos de criação da Reserva Indígena de Dourados. Os objetos doados também integrarão o acervo do Laboratório de Ensino e Pesquisa de História Indígena e poderá ser utilizados como objeto de pesquisa posterior.

Segundo a coordenadora da exposição, professora Graciela Chamorro, o passado dessa comunidade se dá também através de documentos escritos, testemunhos orais, fotografias, desenhos, pinturas e objetos materiais da época, que se tornaram suportes de memória e por isso esse chamamento público como forma de colaboração também ao resgate da história dos indígenas do município.

"Lamentavelmente é muito pouco o que temos em Dourados sobre a criação e o desenvolvimento da Reserva Indígena e os demais episódios ligados a ele. E como falar desse passado? Como imaginar os povos indígenas de então, o povoado que deu início a Dourados, a Missão Caiuá que teve uma intensa interação com os povos indígenas e com os moradores da futura cidade?", enfatizou. 

A exposição será realizada no saguão do Núcleo de Estudos Estratégicos de Fronteira - NEEF, de 18 a 27 de outubro, e conta com o apoio da Coordenadoria de Cultura da UFGD através do Projeto Galeria Itinerante. 

Os interessados em colaborar devem entrar em contato com Ângela Schwingel da COC, através do telefone 3410-2874 e do e-mail: angelaschwingel@ufgd.edu.br

A Reserva Indígena de Dourados

A criação da Reserva Indígena de Dourados se deu em 1917, fato que afetou a vida das famílias indígenas recolhidas na reserva, como também a história do povoado de Dourados. A criação da Reserva tem a ver com a história do Brasil e com a reação do país às críticas recebidas de intelectuais do exterior sobre o extermínio de indígenas em curso.

Doze anos depois da criação da Reserva, chegaram a Dourados metodistas e presbiterianos brasileiros e norte-americanos para catequizar os indígenas. Através destes missionários, os Kaiowá, Guarani e Terena ficaram conhecidos nas cidades do Brasil onde circulavam os jornais dessas igrejas, bem como no Sul dos Estados Unidos, de onde procediam os missionários estrangeiros. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Mulher Melão posa de lingerie e sensualiza com corrente
DOURADOS
Marcha para Jesus leva multidão de fiéis para o Centro
AGENDÃO
Semana na ALMS tem sessão solene, plenárias e CCJR
COXIM
Veículo roubado em Pernambuco e que seria levado para Campo Grande é recuperado
BRASIL
Conheça as propostas de Bolsonaro e Haddad para o meio ambiente
DOURADOS
1ª Peixada Dourados News reúne leitores, autoridades e entidades para celebrar o 18º ano do digital douradense
ORÇAMENTO
MEC libera R$ 16,10 milhões para instituições federais em MS
BRASIL
Um terço do lixo tem destinação inadequada na América Latina e Caribe
FRONTEIRA
Homem encontra animais mortos em fazenda e populares suspeitam de onça
SÉRIE B
Fortaleza recebe o Paysandu podendo abrir sete pontos na liderança

Mais Lidas

DOURADOS
Familiares e amigos dão adeus a empresário e filho mortos em acidente
DOURADOS
Bandidos atiram contra viatura e abandonam carro tomado em assalto
DOURADOS
Dupla é flagrada furtando comércio no Centro
TRÁFICO
Quadrilha que distribua cocaína é desarticulada em MS