Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Em assembleia, estudantes da UFGD não reconhecem reitora nomeada pelo governo

12 junho 2019 - 11h34Por Vinicios Araújo

Uma assembleia geral realizada pelo DCE (Diretório Central dos e das Estudantes) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) definiu apoio dos estudantes em greve geral marcada para sexta-feira (14) contra medidas impostas pelo Governo Federal, como cortes na Educação e Reforma da Previdência. 

A decisão foi motivada também pela escolha do ministro Abraham Weintraub em escolher a pedagoga Mirlene Damazio como reitora temporária da universidade. A escolha contraria a eleição em consulta prévia, da qual saiu vencedor o professor Etienne Biasotto. 

Em nota o DCE classifica a decisão do ministro como “autoritária” e destacou o desejo dos acadêmicos pela “autonomia universitária”. 

Etienne esteve na reunião do diretório realizada ontem (11) e falou para mais de 250 acadêmicos sobre o cenário na UFGD. 

Como encaminhamento os estudantes votaram e decidiram por ampla maioria que não reconhecem a legitimidade da nomeação da reitora.

Foi aprovada também a agenda de mobilização em defesa da educação, contra os cortes de recursos e contra a reforma da previdência.

Convocando a mobilização geral dos estudantes, o DCE afirmou que “conjuntura é grave” e requer dos acadêmicos “muita responsabilidade”.

Na sexta-feira (14) está programado ato de panfletagem na Praça Antônio João, às 8h. Durante a tarde o manifestantes vão realizar concentração no INSS para ato de rua.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega sorteia prêmio de R$ 35 milhões no sábado
ESPORTE
Disputa no tênis e beach tennis agita fim de semana esportivo na capital
BRASIL
Ministra defende punição para quem fizer queimada ilegal
CULTURA
Dupla de MS faz show hoje em Barretos
GOVERNO FEDERAL
União é multada em R$ 90 milhões por se recusar a verificar agrotóxicos em água consumida por douradenses
CONSUMIDOR
Procon de Dourados fará campanha de negociação de débitos em setembro
CAGED
Dourados abre quase 300 novas vagas de emprego em julho
BRASIL
Atividade e emprego na construção atingem maior valor em seis anos
BR-267
Homem fura bloqueio e abandona carro com 100kg de maconha
2,7 KM
Restauração da Marcelino Pires ficou R$ 2,5 milhões mais cara com prolongamento

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
Hospital da Vida
Ao MPE, médico relata confusão total de informações em plantão com morte
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS