Menu
Busca quarta, 19 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Consultas ao SCPC de Dourados cresceram 51% em Dezembro

16 dezembro 2003 - 16h21

Nas duas primeiras semanas de dezembro, o movimento do comércio douradense continua sustentando bons índices de crescimento e as consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito(SCPC) aumentaram 51,32% do dia primeiro até ontem, comparativamente ao mesmo período de 2002.Segundo a Acod (Associação Comercial e Industrial de Dourados) até o dia 15 foram feitas 25.560 ligações àquele serviço, enquanto em 2002 elas atingiram a 16.891. “Realmente são números que indicam que as vendas esse ano tem tudo para explodirem neste final de ano”, comentou  o diretor do SCPC, Milton Carlos Luna.Desde o dia seis de dezembro que as consultas tem sido superior a duas mil por dia; o recorde até agora foi registrado ontem, dia 15, quando chegaram a 2.712 e na quarta-feira atingiram 2.604. No sábado, quando as lojas fecharam às seis horas o SCPC atendeu 2.102 ligações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
Simone erra prato com ovos e é eliminada do MasterChef
LOTERIA
Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 17 mi nesta quinta-feira
FRONTEIRA
Corpo é encontrado degolado e em avançado estado de decomposição
TECNOLOGIA
UEMS encerra inscrições para curso gratuito de informática básica
JUSTIÇA
Supermercado deve indenizar por furto de moto em estacionamento
IVINHEMA
Jovem é preso com 289 quilos de maconha na rodovia MS-276
CÂMARA
Seminário e simpósio de Prevenção ao suicídio acontece hoje em Dourados
SAPUCAIA
Brasileiro foragido da justiça é executado na fronteira
TEMPO
Quarta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
SHOWBIZ
Iza posa de biquíni na piscina e ganha comentários de Sandy e Maria Rita

Mais Lidas

DOURADOS
Idoso encontrado morto na pedreira foi vítima de latrocínio
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo
NARCO 060
Gaeco deflagra operação contra o tráfico em MS e "mira" policiais
PONTA PORÃ
Homem é preso após matar rival e deixar corpo em rodovia