Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Construção do PAI e Clínica da Mulher está em andamento

25 novembro 2012 - 12h28



Duas importantes obras na área da saúde estão em ritmo acelerado em Dourados. O PAI (Pronto Atendimento Infantil) está sendo construído na Rua Frei Antonio (antiga W-17) próximo à Coronel Ponciano. A Clínica da Mulher é edificada ao lado do CSU (Centro Social Urbano), no Jardim Água Boa. As unidades vão prestar atendimento de saúde especificamente para crianças e mulheres.



As obras são executadas pela Prefeitura de Dourados com investimentos que somam quase R$ 3 milhões. Os recursos federais foram obtidos através da atuação dos deputados federais Marçal Filho e Geraldo Resende.



O PAI será destinado exclusivamente ao atendimento infantil, fato inédito na área da saúde em Dourados. Na unidade, as crianças serão atendidas em ambiente apropriado, exclusivamente voltado a elas, possibilitando a internação apenas em casos de necessidade.



A unidade terá uma equipe multiprofissional composta de pediatras, psicólogos, fonoaudiólogos e outros especialistas, para atender crianças de todas as idades. As obras foram iniciadas pela prefeitura há alguns meses e a previsão é de atender uma demanda de 15 mil pessoas.



No início deste ano a atual administração fez a licitação para construção do PAI e deu início à obra como parte da atuação para dinamizar e colocar em andamento projetos que estavam praticamente parados.,



O projeto havia sido iniciado em 2010 quando a Caixa Econômica Federal abriu crédito em favor da prefeitura para a construção do ponto de atendimento especializado em saúde de crianças. O valor destinado é de pouco mais de R$ 1,5 milhão, com contrapartida do município de R$ 94,7 mil. A previsão de entrega da obra é para fevereiro do próximo ano.



CLÍNICA DA MULHER



A Clínica da Mulher é outro investimento para atendimento específico, só que o público feminino. A clínica vai garantir atendimento a pelo menos 20 mil pessoas da região do Grande Água Boa. A previsão de ativação é para maio do ano que vem.



A obra também tinha recursos garantidos há anos, mas que estavam parados. A luta para colocar a construção em prática começou em abril do ano passado. A prefeitura entrou em contato com a Caixa Econômica Federal, identificou e resolveu os entraves do projeto que impedir o início da obra. O prédio é construído em uma área ao lado do CSU.



A obra está orçada em R$ 1.242.136,22, incluindo contrapartida do município de R$ 380 mil. A clínica terá área construída de 780 metros quadrados.



Serão consultórios, sala para triagem, salas para exames diversos – incluindo ultrassonografia e mamografia – sala de observação, esterilização, auditório, além das dependências para a área administrativa, estacionamento, espaço verde e toda uma estrutura com condições de proporcionar atendimento de excelente qualidade dentro dos moldes do Ministério da Saúde para assistência à saúde da mulher.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COSTA RICA
Polícia encontra armas na casa de empresário suspeito de violência doméstica
ALERTA
Saúde confirma casos de sarampo em mais 7 estados
SANGUE FRIO
MPF recorre de sentença que absolveu dois acusados em uma das ações
LOMBADAS
Detran-MS negocia dívida e pede rescisão de contrato com empresa de radares no Estado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após início de nova atuação do BC no câmbio
POLÍCIA
Travesti furta veículo e é presa em Dourados
CRIME AMBIENTAL
Mulher é multada por desmatamento em área de preservação
EM BRASÍLIA
Senador Nelsinho Trad defende aprovação do pacto federativo por priorizar estados e municípios
SETEMBRO
Grupo traz terapias diversas a preço acessível em Dourados, no dia 07
DOURADOS
Vigilância Sanitária notifica Funsaud e pode interditar setores do HV por mofo em paredes

Mais Lidas

ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG