Menu
Busca terça, 12 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Conselho da OAB concede Selo de Qualidade ao curso de Direito da UEMS

30 janeiro 2019 - 18h20Por Da Redação

O Curso de Direito da unidade de Dourados, da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), recebeu – nesta quarta-feira, dia 30 de janeiro – o seu quinto Selo de Qualidade OAB Recomenda – “Instrumento em Defesa da Educação Jurídica Brasileira”, concedido pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

O reitor da UEMS, Fábio Edir dos Santos Costa, e o coordenador do curso de Direito, Joaquim Carlos Klein de Alencar, estiveram na sede do Conselho Federal da OAB, onde receberam a condecoração.

De acordo com o reitor, é uma honra muito grande para a UEMS estar participando da entrega do Selo de Qualidade da OAB. “É a quinta vez que esse curso recebe o Selo de Qualidade, mostra a qualidade do curso que nós temos, a dedicação principalmente dos nossos docentes, técnicos administrativos e o compromisso dos nossos acadêmicos na qualidade do nosso curso, com o desempenho que vem sendo feito e isso mostra que a nossa Universidade tem formado excelentes profissionais também na área do Direito, que a gente coloca a disposição da sociedade para atender melhor a população sul-mato-grossense”, ressaltou Fábio Edir dos Santos Costa.

 “Trata-se de um reconhecimento da OAB que é o órgão que materializa o conhecimento das ciências jurídicas. Portanto é uma honra imensa estar em Brasília para receber esse Selo que é o resultado do trabalho de todos, professores, técnicos, administração e alunos”, destacou Joaquim Carlos Klein de Alencar, coordenador do curso de Direito.

Até 2019 foram editados seis Selos, todavia, a UEMS não participou apenas da sua primeira edição, pois não tinha tempo mínimo de 5 anos de vigência do curso que era requisito para sua participação. Logo, de todas as 5 edições em que a UEMS participou, ela obteve os cinco prêmios seguidos.

O professor, Lucio Flavio Joichi Sunakozawa, integrou a comissão de criação do curso ao lado dos professores Helder Baruffi, James Gallinatti Heim, Padre Jair, Jorge Ramalho e Sebastião Lino, além de ser o primeiro coordenador e, ainda hoje, ser o professor mais antigo do curso.  

“Esse curso nasceu de muitas lutas de alunos, professores e colaboradores, por exemplo, do ex-presidente da OAB Dourados, hoje atual Conselheiro Federal Afeife Mohamad Hajj que ajudou a autorizar o funcionamento do curso em 1997. Até hoje, desde 1999, esse curso é recordista nacional na obtenção de reconhecimento em menor tempo, pois foi obtido ao final de seu segundo ano de funcionamento. Uma vitória para o primeiro curso jurídico público e gratuito na Grande Dourados. Gratidão a todos que ajudaram por algum modo na construção dessa história”, destacou Lucio Flavio Sunakozawa.

Sobre o Selo

Esta é a 6ª edição do programa, que vai agraciar 161 cursos jurídicos que alcançaram os requisitos para receber a distinção. O Selo utiliza critérios objetivos na análise dos cursos, como os índices de aprovação no Exame de Ordem Unificado e dados do Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) para conceder a condecoração.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPEÃO
Peão de MS conquista título nacional de rodeio
ASSEMBLEIA
Alvo de CPI, Energisa diz que aguarda notificação da AL para prestar esclarecimentos
CRIME AMBIENTAL
Famoso por pesca predatória, "Japa" é preso e multado por policiais ambientais
DOURADOS
Em Brasília, secretário articula recursos para Hospital da Mulher e da Criança
MATO GROSSO DO SUL
Pais ganham na justiça direito de registrar nome do filho natimorto
CAMAPUÃ
Ao ver viatura, traficante realiza manobra perigosa, foge, mas acaba preso com droga
BRASIL
Alcolumbre fala em Constituinte para tratar de prisão em 2ª instância
DOURADOS
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
CAMPO GRANDE
Morador de rua é encontrado morto e seminu
PARQUE DAS NAÇÕES
Homem que coleciona passagens pela polícia é preso em Dourados

Mais Lidas

BR-163
Motorista morre ao bater de frente com carreta em Dourados
DOURADOS
Acidente mata uma pessoa próximo a Embrapa
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária