Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2019
(67) 9860-3221
EXCLUÍDOS

Confusão marca encerramento do desfile em Dourados

07 setembro 2017 - 11h15

Confusão marcou o encerramento do desfile cívico de 7 de setembro em Dourados na manhã desta quinta-feira. O fato ocorreu próximo ao palanque das autoridades e envolveu duas pessoas, segundo apurado pelo Dourados News.

Ambas foram levados ao 1º Distrito Policial para prestarem depoimento.

Tudo começou quando duas entidades – manobras de moto e veículos de som automotivo – se preparavam para iniciar o desfile e observaram manifestantes que faziam parte do grito dos excluídos entrarem na avenida Marcelino Pires.

Ocorreu bate-boca e uma mulher teria acusado homem de agressão. O fato foi negado, porém, ambos acabaram levados para prestarem esclarecimento.

Os alvos do protesto do "grito" eram autoridades políticas, mas boa parte já havia deixado o palanque no momento do ato.

Um pouco antes, logo no hasteamento das bandeiras, populares e professores em greve protestaram contra o poder público.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAARAPÓ
Bombeiros encontram corpo de criança que se afogou em rio
BRASIL
Tabela do frete é reajustada em 4,13%
CONTRA VIOLÊNCIA
Médicos de MS querem mais segurança para trabalhar
CONFORTO E ELEGÂNCIA
Visuais com vestidos fluidos para você se inspirar
TRÁFICO
Mulher é presa transportando 20kg de maconha em ônibus
TURISMO SOCIAL
Conheça quatro projetos para fazer trabalho voluntário na Amazônia
DOURADOS
“Mãe Jornalista Convida” supera as expectativas e reúne mais de 100 mães
QUARTA FASE
Vasco recebe o Santos em duelo decisivo pela Copa do Brasil
DOURADOS
Marcelino Pires terá interdição no cruzamento da “Mão do Braz” por 15 dias
BRASIL
Indígenas pedem apoio no Congresso contra MP da demarcação de terras

Mais Lidas

DOURADOS
Preso é baleado ao estourar cadeado de cela para buscar ‘encomenda’ no pátio da PED
DOURADOS
Preso baleado na perna tentava pegar malote com 13 celulares
DOURADOS
Homem morre no HV após ser espancado e polícia suspeita de latrocínio
IMPASSES
UFGD "desafia" MEC e Ministério pede realização de nova eleição para Reitoria