Menu
Busca terça, 11 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Conferência de promoção da igualdade racial reúne municípios da região de Dourados

17 outubro 2017 - 15h20

O auditório do Centro de Referência em Assistência Social do Jardim Água Boa em Dourados foi palco da I Conferência Intermunicipal de Promoção da Igualdade Racial de Deodápolis, Douradina, Dourados e Itaporã durante esta terça-feira (17). A reunião teve a principal atribuição de avaliar a Política de Promoção da Igualdade Racial e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do sistema.

“É um momento muito importante que vivenciamos para a discussão deste assunto tão importante que deve envolver a sociedade e ser elo entre os municípios”, disse a secretária Ledi Ferla.

Com o tema “O Brasil na década dos afrodescendentes: reconhecimento, justiça, desenvolvimento e igualdade de direitos”, o encontro foi dividido em eixos sendo: “Do reconhecimento dos afrodescendentes, “Da garantia de justiça aos afrodescendentes, “Do desenvolvimento dos afrodescendentes e “Da igualdade de direitos dos afrodescendentes”. A promoção do encontro tem a participação das secretarias Municipais de Assistência Social das cidades envolvidas.

Com a explanação destes temas a reunião discutiu e elaborou propostas de políticas de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade racial dos municípios envolvidos.

Dentre estas especificidades, estão o direito ao reconhecimento dos afrodescendentes, direito à igualdade de oportunidades e não a discriminação, direito a educação em igualdade e conscientização, direito a participação e inclusão, garantia de justiça, acesso à justiça, prevenção e punição de todas as violações de direitos humanos que afetem a população afrodescendente, garantia e direito ao desenvolvimento e medidas contra a pobreza dos afrodescendentes, educação, cultura esporte e lazer, empreendedorismo, emprego e renda, saúde, juventude, moradia e acesso a terra, meio ambiente, Turismo, participação popular e comunicação e garantia de direitos o que incluirá os direitos sexuais, lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros – LGBT, não a violência obstétrica e violência doméstica, direito as religiões tradicionais de matriz africana, direito de Liberdade de todas as religiões.

A presidente da comissão organizadora foi a professora doutora Maria José de Jesus Alves Cordeiro, coordenadora do Centro de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação, Gênero, Raça e Etnia (Cepegre) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Homem é preso com ‘tijolo’ de crack na BR-463
DOURADOS
Inscrições para programas de residência do HU-UFGD são prorrogadas até 17 de dezembro
COOPERATIVISMO
Sicredi encerra campanha institucional de 2018 com filmes sobre Natal e Ano Novo
MANDATO TAMPÃO
Prefeito e vice de Caarapó serão diplomados e empossados nesta terça
PROVAS
Enem será reaplicado hoje e amanhã para 2,7 mil estudantes
FRONTEIRA
Polícia paraguaia prende mulher brasileira que abandonou recém-nascido
DOURADOS
Formandos de Gastronomia da Unigran inovam e criam gastrobar para o TCC
DOURADOS
Mais de 23 mil famílias já retiraram o kit distribuído pela Seja Digital
DOURADOS
Menor é apreendida na rodoviária com 16kg de maconha
ESTADO
Governador faz entregas de R$ 36 milhões em obras da MS-178 e habitação em Bonito

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
DOURADOS
Criança morre no HV três dias após ser atropelada na Cachoeirinha
NOVOS ALVOS
MP cumpre mandados em nova operação em Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto