Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9860-3221

Comissão Especial vai debater consumo de álcool nas aldeias indígenas

18 maio 2011 - 14h43

O deputado federal Geraldo Resende (PMDB-MS), presidente da Comissão Especial da Câmara quer analisa os efeitos do consumo abusivo de bebidas alcoólicas, teve proposta de audiência pública sobre alcoolismo nas aldeias indígenas aprovada em reunião do colegiado. A audiência, em data ainda a ser definida, vai debater “as causas e consequências do consumo abusivo de álcool nas aldeias indígenas e, especialmente, as razões que determinam o aumento exponencial do consumo dessa substância nos últimos anos".

Geraldo também propôs, em requerimento, que sejam convidados especialistas e autoridades para participarem da audiência pública na Comissão Especial.

Serão convidados o psiquiatra Juberty Antônio de Souza, professor da Faculdade de Medicina da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Karina Panhos, responsável pelo programa da saúde mental do Distrito Sanitário Especial de Saúde Indígena do Alto Solimões, e o médico Zelik Trajber, chefe das Equipes Multidisciplinares do Distrito Sanitário Especial de Saúde Indígena em Mato Grosso do Sul.

O deputado propôs, ainda, que seja convidado o diretor do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Orlando Moreira da Silva, que também é presidente o Contran (Conselho Nacional de Trânsito), para falar na audiência Pública sobre os efeitos do consumo de bebidas alcoólicas no trânsito.

Outros especialistas também serão convidados para a audiência, por sugestão dos demais integrantes da Comissão Especial para abordagens sobre o impacto do alcoolismo na saúde pública.

O deputado Vanderlei Macris, por exemplo entre outras sugestões, propôs a participação da médica Cecília P. Roselli Marques, psiquiatra e pesquisadora da Unidade de Álcool e Drogas (UNIAD) da Unifesp, para falar sobre prevenção e tratamento de pessoas dependentes do consumo de bebida alcoólica; além de Marcos Zalesky, psiquiatra e professor da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), que abordará o aumento da violência em razão do consumo abusivo de bebida alcoólica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Camila Alves resgata foto com barriga chapada e diz: "antes das crianças"
AMAMBAI
Homem de 43 anos morre após sofrer mal súbito no local de trabalho
ECONOMIA
Conta de luz pode ter aumento de 15% a partir de abril em MS
JUDICIÁRIO
STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita
CRIME AMBIENTAL
Paulistas são multados em R$ 2,5 mil por transportar pescado ilegal
CAPITAL
Com dores e febril após parto, mulher expele pano durante o banho
LEÃO
Receita recebe quase 5 milhões de declarações do IR em duas semanas
CORUMBÁ
Pai e 2 filhos são presos ao manter depósito de combustível no quintal
CONCURSO
Governo abre seleção profissionais para gestão de recursos hídricos
SAÚDE
STJ autoriza João de Deus a deixar prisão para tratamento médico

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED
DOURADOS
Defesa Civil mantém alerta com “chuvarada” que deve continuar na região
PONTA PORÃ
Chuva forte causa transtornos e casal cai de moto em meio a enxurrada; veja vídeo