Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Com pregão inédito, Prefeitura de Dourados economiza R$ 1,5 milhão

13 junho 2011 - 13h21

Município vai gastar metade do valor previsto para compra de produtos de limpeza; sessão para registro de preço durou 14 horas



Através de um sistema inédito, adotado pelo prefeito Murilo Zauith, a Prefeitura de Dourados vai economizar R$ 1,5 milhão na aquisição de materiais de limpeza que serão utilizados durante um ano em toda a estrutura da administração pública municipal.



O pregão presencial de registro de preço – realizado sexta-feira (10) com a participação de 15 empresas tanto de Dourados quanto de outras cidades de Mato Groso do Sul e até de outros estados – vai possibilitar economia de 50% do valor previsto inicialmente para a compra dos materiais.



A sessão para o processo licitatório começou às 8h da manhã e terminou às 10h da noite. Sete empresas, sendo quatro de Dourados e três de Campo Grande, apresentaram melhor preço em 109 itens relacionados pela prefeitura e foram registradas como as vencedoras do certame.



Algumas delas com um ou dois itens mais baratos e outras com dez a doze itens a preços menores.



COMO FUNCIONA

O chefe do Departamento de Licitações da prefeitura, Ricardo Kintschev, explicou que foi feito um levantamento da quantidade de produtos de limpeza que seriam necessários para um ano. Após isso foram feitas cotações a preços de mercado. A pesquisa mostrou que seriam gastos R$ 2,9 milhões.



Com o pregão de registro de preço – modalidade de compra nunca usada em Dourados – o custo caiu para R$ 1,4 milhão. Um dos itens pesquisados, o papel higiênico, custaria R$ 412 mil. Com o pregão, a compra da mesma quantidade será feita por R$ 136 mil.



O pregoeiro Heitor Pereira Ramos disse que o procedimento é interessante porque a empresa participante, além de registrar os preços dos produtos ainda tem de levar o material e deixar uma amostra para comparação no momento da compra.



Ao contrário do sistema convencional, a prefeitura não tem a obrigação de praticar a compra, podendo desenvolver novo processo, caso apareça preço melhor.



Esse sistema foi uma determinação do prefeito Murilo Zauith para garantir transparência, seriedade e responsabilidade com o dinheiro público, buscando valorizar cada real que entra nos cofres do município. Nos próximos dias a prefeitura deverá utilizar esse mesmo sistema também para a aquisição de material de expediente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NORONHA
Isis Valverde relembra foto de biquíni em cenário paradisíaco
FATALIDADE
Vítimas de grave acidente em Bataguassu serão veladas neste sábado
JUSTIÇA
Direitos da criança e do índio são preservados em adoções por indígenas
CAPITAL
Polícia pede prisão de comerciante suspeito de matar o próprio tio
LEGISLAÇÃO
Detran esclarece Lei que permite transferência de multas e pontos na CNH
CORRUPÇÃO
Traficantes acusam polícia paraguaia de cobrar R$ 30 mil para liberar droga
ESPORTES
Mundo Novo abre a 2ª fase da Copa Assomasul de futebol
CORUMBÁ
Justiça nega prisão de médico suspeito de cobrar por cirurgia do SUS
CAMPO GRANDE
Homem agride ex-esposa gestante em posto de saúde e acaba preso
MINISTÉRIO PÚBLICO
Concurso da PRF: após ação, banca convoca mais candidatos negros

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é baleado com quatro tiros no Estrela Verá
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS
FRONTEIRA
Pistoleiro preso acusado de matar fazendeiro é membro do Comando Vermelho