Menu
Busca sábado, 17 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Com mosquito mais “resistente”, CCZ alerta sobre cuidados com a dengue mesmo no frio

15 agosto 2019 - 06h33Por Da redação

Mato Grosso do Sul registra até ao momento em 2019, 51.633 casos notificados de dengue, conforme dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde) e como mostrado pelo Dourados News, com os índices, este ano já figura como um dos que mais contou com incidência da doença.

O alerta do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) é que mesmo com as temperaturas mais baixas e as chuvas não tão constantes, a população não deve deixar de lado a prevenção da doença. 

Dourados registra 2.453 casos confirmados da doença até ao momento, em 2019, segundo o Centro e conforme a coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva, os agentes tem notado durante as visitas de rotina “casa a casa”, que mesmo com o frio, o mosquito Aedes Aegypti (transmissor de dengue, zika vírus, chykungunia) tem sobrevivido, o que não acontecia no passado. 

“Anteriormente o mosquito era destruído com o frio na fase larvária e agora isso não acontece. Nota-se que o mosquito tem ficado mais resistente, pois, em dias de bastante frio encontramos larvas do Aedes em Dourados”, explica.  

Diante disso, ela ressalta que os cuidados a serem tomados são os já conhecidos da população, independente das condições climáticas. 

“A chuva diminuiu, mas, por vezes nos mesmos molhamos superfícies e a água se acumula, como exemplo vasos de plantas, vasilhas e outros. Temos que eliminar água parada no quintal constantemente se não quisermos mais casos e mais vítimas da dengue”, ressalta. 

Dourados registrou sete óbitos por dengue em 2019. Em todo Mato Grosso do Sul, foram 26. O maior número de vítimas fatais foi registrado em Campo Grande, sendo de oito. 

A Secretaria de Estado de Saúde traz relatórios semanais sobre a doença em Mato Grosso do Sul. Na comparação dos dados da semana anterior (levantamento até 08/08), com os dados desta semana (levantamento até 14/08) houve aumento no número de casos confirmados da doença em MS. O mesmo era de 27965 e passou para 28745.

Sobre este aumento de casos, Rosana afirmou que existem muitas confirmações da doença referentes aos meses de fevereiro, março e abril que estão se concretizando apenas agora. Isso acontece, segundo ela, por conta da demora do Ministério da Saúde em enviar para o Estado e o município, materiais que permitam os procedimentos (confirmações). 

“Diante deste fato, não é viável afirmar que os casos confirmados tem apresentado aumento no inverno, já que há impacto com estas confirmações já de situações antigas”, explica a coordenadora. 

São 74 cidades com alta incidência da doença em Mato Grosso do Sul, assim considerado, quando o número de casos ultrapassa 300 a cada 100 mil habitantes. Apenas Aquidauana, Anastácio, Inocência, Juti e Paranhos, são consideradas cidades com média incidência da doença, assim considerado quando o número de casos se mantém de 200 a 300 a cada 100 mil habitantes. 

O número de casos confirmados de dengue, até o momento em 2019, em MS, chega a 28745. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem é preso após furtar rolo de calha no Parque das Nações
FUTEBOL
Clássico carioca e mais quatro jogos abrem a rodada do Brasileirão
DOURADOS
STJ nega recurso e autor de feminicídio poderá ir a júri popular
TRÂNSITO
Um mês após acidente de moto na Guaicurus, mulher morre no Hospital da Vida
DOURADOS
Defensoria diz que problema com renais no Hospital da Vida era por falta de vagas em clínicas
VIOLÊNCIA NA FRONTEIRA
Marceneiro é executado por pistoleiros ao chegar em residência
CLIMA
Dourados deve ter fim de semana quente com máximas acima de 30ºC
DOURADOS
Vacinação antirrábica terá ponto fixo hoje no IV Plano
FRONTEIRA
Raptado dentro da própria casa é encontrado esquartejado em distrito
DOURADOS
Vai ao shopping no final de semana? Feira com variedades de diversos países é a melhor pedida

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia apresenta dupla presa por envolvimento em sequestro e identifica resto do bando
DOURADOS
Defensoria flagra pacientes sem água e comida no Hospital da Vida
POLÍCIA
Após denúncias, trio é preso por tráfico na Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Um ano após crime, TJ ainda vai decidir se pai e madrasta vão a júri por morte de bebê