Menu
Busca sexta, 21 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Cinquenta e oito idosos receberam carteiras para passagem interestadual

27 maio 2011 - 10h25

O acesso de idosos à gratuidade ou ao desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens interestaduais – ônibus, trens ou barcos – é um direito garantido pelo Estatuto do Idoso. Pela legislação, no sistema de transporte coletivo interestadual, as empresas reservarão duas vagas gratuitas por veículo para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos.

De 2007 até hoje, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), por meio das secretarias municipais de Assistência Social, emitiram cerca de 393 mil Carteiras do Idoso, instrumento de acesso à gratuidade e ao desconto nas passagens.

No Brasil, até hoje, mais de 393 mil carteirinhas foram emitidas para pessoas com 60 anos ou mais e renda de até dois salários mínimos.

###Dourados

Em Dourados, até o mês de maio 58 carteiras foram emitidas. O documento deve ser gerado pelas secretarias municipais apenas para pessoas com 60 anos de idade ou mais e que não tenham como comprovar renda individual igual ou inferior a dois salários mínimos.

Para as carteirinhas intermunicipais é necessário ter 65 anos. De acordo com a Secretaria de Assistência Social, 420 carteiras foram emitidas no ano passado de janeiro a dezembro.

A carteirinha tem validade de dois anos, contados a partir da data de expedição, em todo território nacional. Quando não há mais vagas gratuitas, o beneficiário pode ter desconto de, no mínimo, 50% sobre o preço das passagens.

De acordo com o MDS, a participação dos órgãos gestores da assistência social na promoção do acesso ao benefício tarifário a idosos sem meios de comprovação de renda está amparada no Decreto nº 5.934/06, onde são estabelecidos mecanismos e critérios para aplicar os dispositivos do estatuto.

###Passo a passo

Para a emissão da Carteira do Idoso, o interessado deve procurar a secretaria municipal de Assistência Social. O idoso será incluído no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e vai receber o Número de Identificação Social (NIS). As carteiras são emitidas pelas secretarias, de acordo com modelo elaborado pelo MDS.

Pelo decreto de 2006, para ter direito ao desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens, o idoso deverá adquirir o bilhete de passagem obedecendo aos seguintes prazos: com, no máximo, seis horas de antecedência para viagens com distância de até 500km; com, no máximo, 12 horas de antecedência para viagens com distância acima de 500km.

As pessoas que têm como comprovar renda não necessitam da Carteira do Idoso para ter acesso às passagens interestaduais gratuitas ou ao desconto. Basta apresentar o comprovante de renda e o documento de identidade.


Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Fernanda D’avila posa com lingerie sensual em viagem com o marido
SEU DINHEIRO
Caixa libera consultas sobre PIS por assistente de voz em smartphones
TRÊS LAGOAS
Prefeitura abre inscrições para 352 vagas e salários de até R$ 6.684
CONMEBOL
CBF pede reparação ao Cruzeiro e a Dedé e investigação do VAR
ELEIÇÕES 2018
Em carta, FHC pede serenidade e união entre os partidos
MARACAJU
Bebê de apenas 11 dias morre e Bombeiros são acionados 5 horas depois
SETEMBRO AMARELO
Expotrânsito recebe visitação na Praça Antônio João até esta sexta
CORUMBÁ
Trabalhador é assassinado com várias facadas em estacionamento
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para o Mestrado em Ensino em Saúde
MUNDO NOVO
Integrante do PCC que fugiu de presídio é preso na região de fronteira

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia fecha entreposto de drogas e prende três no Jardim Colibri
DOURADOS
Esquema começou há 1 ano e maconha era armazenada em pneus
IVINHEMA
Mecânico morre ao ficar preso em cardan de caminhão
DOURADOS
PF apreende mais de 150 quilos de cocaína na Guaicurus