Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Cinquenta e oito idosos receberam carteiras para passagem interestadual

27 maio 2011 - 10h25

O acesso de idosos à gratuidade ou ao desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens interestaduais – ônibus, trens ou barcos – é um direito garantido pelo Estatuto do Idoso. Pela legislação, no sistema de transporte coletivo interestadual, as empresas reservarão duas vagas gratuitas por veículo para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos.

De 2007 até hoje, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), por meio das secretarias municipais de Assistência Social, emitiram cerca de 393 mil Carteiras do Idoso, instrumento de acesso à gratuidade e ao desconto nas passagens.

No Brasil, até hoje, mais de 393 mil carteirinhas foram emitidas para pessoas com 60 anos ou mais e renda de até dois salários mínimos.

###Dourados

Em Dourados, até o mês de maio 58 carteiras foram emitidas. O documento deve ser gerado pelas secretarias municipais apenas para pessoas com 60 anos de idade ou mais e que não tenham como comprovar renda individual igual ou inferior a dois salários mínimos.

Para as carteirinhas intermunicipais é necessário ter 65 anos. De acordo com a Secretaria de Assistência Social, 420 carteiras foram emitidas no ano passado de janeiro a dezembro.

A carteirinha tem validade de dois anos, contados a partir da data de expedição, em todo território nacional. Quando não há mais vagas gratuitas, o beneficiário pode ter desconto de, no mínimo, 50% sobre o preço das passagens.

De acordo com o MDS, a participação dos órgãos gestores da assistência social na promoção do acesso ao benefício tarifário a idosos sem meios de comprovação de renda está amparada no Decreto nº 5.934/06, onde são estabelecidos mecanismos e critérios para aplicar os dispositivos do estatuto.

###Passo a passo

Para a emissão da Carteira do Idoso, o interessado deve procurar a secretaria municipal de Assistência Social. O idoso será incluído no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e vai receber o Número de Identificação Social (NIS). As carteiras são emitidas pelas secretarias, de acordo com modelo elaborado pelo MDS.

Pelo decreto de 2006, para ter direito ao desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens, o idoso deverá adquirir o bilhete de passagem obedecendo aos seguintes prazos: com, no máximo, seis horas de antecedência para viagens com distância de até 500km; com, no máximo, 12 horas de antecedência para viagens com distância acima de 500km.

As pessoas que têm como comprovar renda não necessitam da Carteira do Idoso para ter acesso às passagens interestaduais gratuitas ou ao desconto. Basta apresentar o comprovante de renda e o documento de identidade.


Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO DE MS
Semana na ALMS terá duas audiências públicas
FESTA
2ª Peixada Dourados News celebra 19 anos do maior jornal online do interior de MS
BRASIL
Investidores internacionais querem evitar dupla tributação com Brasil
TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
MEIO AMBIENTE
Traficante de aves foge da polícia ao ser flagrado tentando furtar filhotes de papagaio
MÚSICA
Batalha de Bandas acontece neste sábado na Capital
ITAPORÃ
Durante ação voltada ao meio-ambiente, maconha é encontrada às margens de rodovia
BRASIL
Governo libera quase R$ 800 milhões em emendas parlamentares
GP DE SINGAPURA
Leclerc desbanca Hamilton e Vettel na última volta para conquistar a pole
MUDANÇA
Entenda as novas regras para conduzir as motos 'cinquentinhas'

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro