Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Cido Medeiros propõe Programa Farmácia da Solidariedade

18 maio 2011 - 08h48

Está tramitando na Câmara de Dourados, projeto de lei do vereador Cido Medeiros (DEM) que cria em Dourados o Programa Farmácias da Solidariedade, a ser desenvolvido pela prefeitura nos postos de saúde do Município. Na semana que vem, o vereador pretende detalhar o funcionamento do programa para a secretária municipal de Saúde, Silvia Bosso.

Cido Medeiros explica que sua proposta tem como objetivo principal arrecadar medicamentos de usuários que não os utilizam mais e repassá-los à comunidade de baixo poder aquisitivo. De acordo com a proposta, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, fica encarregada de implementar o programa Farmácia da Solidariedade.

“A saúde pública é uma grande preocupação nossa, por isto buscamos criar medidas que visem ajudar a população no tratamento médico, tão caro nos dias de hoje”, diz Medeiros, justificando que “a população mais carente, muitas vezes, não consegue sequer iniciar um tratamento de saúde, pois não dispõe de condições financeiras para a compra de remédios sem que, com isto, prejudique a subsistência de sua família. Por outro lado, a prefeitura não consegue suprir a demanda de distribuição gratuita de medicamentos”.

De acordo com a proposta de Cido Medeiros, a Farmácia da Solidariedade deverá ser supervisionada pela Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e funcionará com remédios doados pela população e por instituições da sociedade civil. As doações e distribuições serão realizadas nos postos de saúde, de acordo com a disponibilidade no estoque e mediante a apresentação do receituário do SUS (Sistema Único de Saúde).

Cido diz que o Programa não onera os cofres públicos, haja vista que a coleta de medicamentos nas residências será feita por agentes comunitários que já visitam a população diariamente em suas casas. “A intenção do Programa Farmácia da Solidariedade é ajudar as pessoas carentes, e evitar que as sobras de remédios sejam desperdiçadas, uma vez que muitas pessoas não sabem o que fazer com os medicamentos que não usam mais”, justifica Cido Medeiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Grande Prêmio do Brasil de F1 pode ser cancelado
CAMPO GRANDE
1ª Câmara Criminal nega recurso de condenado por usar CNH falsa
BRASIL
Governo ainda estuda recriar Ministério da Segurança, diz Mendonça
CRIME AMBIENTAL
PMA desmonta acampamento de pescadores e apreende petrechos ilegais
PANDEMIA
Governo de MS prorroga medidas de apoio aos empresários
ELEIÇÕES
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
BRASIL
CPB promove camping virtual com jovens atletas de natação
REGIÃO
Corpo é encontrado no Rio Paraguai
DOURADOS
Entardecer faz temperatura cair 5°C em pouco mais de uma hora
PANDEMIA
Entre as 10 com mais casos de coronavírus em MS, cidade retomará aulas presenciais

Mais Lidas

DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico
DOURADOS
Comerciante encontra homem morto ao chegar para abrir estabelecimento
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai