Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

Chuvas atrasam tapa-buracos e ‘crateras’ tomam conta das ruas

14 janeiro 2020 - 15h20Por Wender Carbonari

A buraqueira tem tomado conta das ruas de Dourados com o aumento na quantidade de chuvas nos meses de dezembro de 2019 e janeiro de 2020. O problema afeta vias de diversos bairros e até da área central da cidade. De acordo com a administração municipal, é preciso um período de estiagem, com tempo seco, para retomar o trabalho de tapa-buracos. 

O Dourados News esteve nesta terça-feira (14/1) na extensão da Rua Mato Grosso e fez registros das esquinas com as ruas Onofre Pereira de Matos e Major Capilé. Os dois locais, apesar de estarem no centro da cidade, encontram-se com partes da via deteriorada. 

A população em geral reclama principalmente da situação em ruas de bairros mais afastados. Embora os buracos tomem conta de ruas em vários locais de Dourados, a região Leste tem sido alvo da maioria das críticas, justamente pela demora da chegada dos serviços de reparos. 

TAPA-BURACOS

Para tentar amenizar a situação, a Prefeitura de Dourados tem investido constantemente, nos últimos anos, em medidas à curto prazo, como a realização de serviço de tapa buracos. 

O secretário municipal de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, disse na segunda-feira (13) que por conta do material utilizado pela prefeitura para tapar os buracos das vias públicas, não é possível manter uma regularidade nos trabalhos. 
De acordo com ele, a utilização de “massa fria” exige estiagem de pelo menos dois dias antes e dois dias após a aplicação do material.

“O problema do tapa-buracos é o tempo. Tem que parar de chover para podermos montar a programação. Pois se chover em cima [da massa fria] a gente perde serviço. Se chove então eu não posso jogar a massa. Nesse período de chuva realmente o asfalto fica um pouco comprometido. Mas estamos só aguardando dar uma estiagem para poder realizar o serviço", afirmou o secretário ao Dourados News

PERÍODO CHUVOSO 

Enquanto a programação de serviços de recuperação não pode ser executada, mais buracos começam a aparecer nas ruas de Dourados por causa das chuvas dos últimos dias. 

No mês de janeiro, a partir do dia 6, data em que a Prefeitura de Dourados retornou do período de recesso, não choveu em apenas dois dias dos oito dias, sendo o próprio dia 6/1 e também no dia 10/1. Estas informações foram colhidas juntamente com o sistema de monitoramento do clima da Embrapa Agropecuária Oeste. 

Assim, nos oito primeiros dias de trabalho do ano da prefeitura não houve dois dias sem registro de chuva, mesmo que em pouca quantidade ou isoladas. 

Os dias com maior volume de chuva nesse curto período foram 7 de janeiro, que acumulou mais de 19 milímetros, e 12 de janeiro, quando em um curto espaço de tempo choveu mais de 20 milímetros em Dourados.  

RECAPEAMENTO

Além das ações de tapa-buracos, a prefeitura tem realizado serviços de recapeamento de vias importantes de Dourados, como é o caso, por exemplo, da Rua Cuiabá, que corta a região central de Leste a Oeste da cidade, e está sendo recuperada com investimentos do município.

Outra obra importante que vem sendo realizada na área de infraestrutura asfáltica do município nos últimos anos trata-se do recapeamento da Avenida Hayel Gonçalves Torres, com investimento de mais de R$ 10 milhões liberados pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Carregada com fertilizante, carreta tomba na rodovia BR-267
POLÍTICA
José Paulo Martins vai assumir interinamente Secretaria da Cultura
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Mulher é presa em rodoviária após fugir de hotel sem pagar conta
FILAS
Ministério Público quer barrar contratação de militares pelo INSS
RURAL
Semagro discute com setor produtivo criação do fundo agropecuário
SAÚDE
Anvisa interdita todas as marcas de cerveja Backer vendidas no país
RIBAS DO RIO PARDO
Malote com mais de R$ 37 mil de lotérica é roubado por dupla em moto
ECONOMIA
Feriados em dias úteis podem gerar perda de R$ 20 bilhões este ano
CORUMBÁ
Polícia pede prisão preventiva de pai que estuprou criança e ainda filmou
INTERNACIONAL
Bolsonaro deve assinar de 10 a 12 acordos comerciais em viagem à Índia

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
DOURADOS
'Rua do medo' tem dois entregadores assaltados em 10 dias
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados