Menu
Busca Segunda, 23 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
Aniversário Sertão 2017
HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Com 24 novas vagas, "Casa" deve desafogar maternidade

20 Abril 2017 - 18h22

A construção da CGBP (Casa da Gestante, do Bebê e da Puérpera) do Hospital Universitário de Dourados foi lançada nesta quinta-feira (20) pela unidade, com a inauguração ainda de outras obras no local. Foi realizada uma solenidade e apresentação de diversos setores do HU, bem como mais detalhes sobre a Casa que conta com investimento inicial de R$ 850 mil e prazo para término da construção de seis meses.

O presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) Kleber de Melo Morais, o diretor de Atenção à Saúde da Ebserh, Cláudio Wanderley Luz Saab, a reitora da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) Liane Maria Calarge, a Superindente do HU, Mariana Croda, e o secretário de Regulação e Supervisão da Educação do MEC, Henrique Sartore de Almeida Prado, falaram sobre a o lançamento.

A Casa contará com 446 m2 de área de edificação, capacidade para 24 usuárias, sendo interligada a pediatria da unidade. A superintendente da unidade explica que o intuito é auxiliar quanto a superlotação no setor de maternidade, o qual atende mães de toda a região.

"Essa estrutura vem para ajudar, pois já temos uma superlotação de pacientes que não precisam estar internadas. Em casos onde só é necessário observação ou é um trabalho de parto pré-maturo poderão ficar nesse local, não ocupando o leito da maternidade e mães que tem seus bebês na UTI e de alguma forma precisam fazer essa assistência", explica.

O investimento inicial será voltado a construção e conforme Mariana Croda, para a aquisição de imóveis e utensílios em geral no local serão necessárias parcerias.

"Atualmente trabalhamos de forma para que as mães fiquem acomodadas em enfermarias, o que não é o adequado", conta a superintendente.

Kleber de Melo Morais, presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), destacou sobre o trabalho realizado pela unidade com grande relevância no Estado. Para ele, com o investimento, o trabalho realizado na maternidade pode contar com maior aprimoramento.

"Sabemos da importância desse hospital para a comunidade de MS, com um trabalho muito importante no que se trata a pesquisa, extensão mas, sobretudo na atenção a saúde da população carente. Acredito que o serviço de maternidade no qual o HU de Dourados já é referência na região ficará ainda melhor com esse novo investimento pois, há a necessidade de se ter um tratamento todo especial para a mulher nesse período tão sublime em suas vidas e digo isso como especialista na área, tenho certeza que será um grande diferencial", disse.

As obras inauguradas no local foram: abrigo de resíduos, central de abastecimento farmacêutica, almoxarifado e reforma no estacionamento. Todos os pontos foram reformados.

A reitora da UFGD, Liane Maria Calarge, destacou sobre a instituição como "laboratório" da medicina em Dourados, com ênfase a qualidade do ensino e prática aos alunos.

Próximo a solenidade, funcionários terceirizados do setor administrativo da unidade realizavam protesto com "braços cruzados" e cartazes por falta de pagamento de alguns benefícios.



Deixe seu Comentário

Leia Também

AMAMBAI
Vítimas de acidente entre dois veículos na MS-386 são mulheres
PAVIMENTAÇÃO
Delia viabiliza R$ 1 milhão com Mandetta para asfalto do Jequitibás
BENEFÍCIO
UFGD abre nesta segunda-feira inscrições para Auxílio Transporte
JOÃO PAULO II
Usuário “denuncia” e PM fecha boca de fumo no João Paulo
JARDIM NOVO HORIZONTE
Homem executado em Dourados possuía passagens pela polícia
TELEVISÃO
'Dança dos Famosos': Raul Gazolla e Thiago Pereira deixam a competição
ESPORTES
Olimpíadas do Servidor seguem com inscrições abertas até amanhã
MEIO AMBIENTE
Foragido da justiça é preso após denúncia de infração ambiental
CONCURSO
IBGE abre hoje processo seletivo para 1.152 vagas temporárias de recenseador
POLÊMICA
Nova lista suja do trabalho escravo tem 132 empresas

Mais Lidas

JARDIM NOVO HORIZONTE
Homem é executado com vários tiros em Dourados
APÓS FUGA
Dupla é presa por porte ilegal e efetuar disparos em via pública
ZONA RURAL
Grupo armado sequestra casal, mulher foge e homem está desaparecido
AMAMBAI
Acidente na rodovia MS-156 mata universitário de 30 anos