Menu
Busca quarta, 23 de maio de 2018
(67) 9860-3221
CAMPANHA FIEMS
DOURADOS

Carona de moto é preso com pistola no Flórida

24 setembro 2017 - 09h15

Cícero Mathias da Silva Júnior, 21, o ‘Juninho Pantera’, morador no bairro Estrela Porã, foi preso na madrugada deste domingo (24) na região do Jardim Flórida, Oeste de Dourados. Ele portava uma pistola calibre 38.

De acordo com o registro de ocorrência, por volta de 2h policiais militares da Getam (Grupo Especializado Tático Motorizado) faziam rondas pela avenida Lindalva Marques quando avistaram duas pessoas numa moto no cruzamento com a Antônio Emílio de Figueiredo.

Na abordagem feita a Yamaha XT 660R, preta, conduzida por rapaz de 24 anos, foi encontrada a arma e oito munições intactas com Cícero, que estava como carona do veículo.

Ambos acabaram levados ao 1º Distrito Policial e o suspeito autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, com fiança arbitrada em R$ 1.874. Já o piloto, ouvido e liberado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Foragido da justiça de Minas é preso com carregamento de droga
CAMPO GRANDE
Projeto de Reforma Tributária Solidária é tema de seminário do fisco estadual
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado por construir represa e destruir área protegida
ECONOMIA
Câmara aprova liberação de saques do PIS-Pasep a todos os cotistas
15 DIAS
Petrobras vai reduzir em 10% o preço do diesel nas refinarias
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Juiz determina liberação imediata de 6 rodovias e autoriza 'uso da força'
ECONOMIA
Sebrae oferece em Dourados palestra para quem deseja se tornar MEI
LAVA JATO
Justiça determina prisão do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares
INFÂNCIA
Bonito sediará dia 30 o primeiro Fórum Nacional de Justiça em MS
TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente na MS-270

Mais Lidas

JARDIM DOS ESTADOS
Homem é preso após invadir casa, agredir e amarrar casal
DOURADOS
Expoagro termina com "chuva" de reclamações estruturais
RODOVIAS DE MS
Bloqueio de caminhoneiros tem promessa de ‘virar a noite’ em Dourados
NARCOTRÁFICO
Jarvis Pavão é condenado a 10 anos de prisão