Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Carnaval com Cristo atraiu 10 mil pessoas em Dourados

10 fevereiro 2005 - 16h41

A XVI edição do Carnaval com Cristo, que aconteceu em Dourados entre os dias 5 e 8 de fevereiro, reuniu pelo menos 10 mil pessoas no ginásio de esportes Ulisses Guimarães. Os recordes de público foram registrados no domingo e na terça-feira, quando o número de pessoas no interior do ginásio chegou a quatro mil. “É um sucesso total, um evento que já se tornou tradição entre os católicos da região. A cada ano que passa, este sucesso se consagra”, ressalta Luiz Farias Torres, do núcleo de coordenação do evento na diocese.Além de Dourados, o Carnaval com Cristo aconteceu paralelamente em Maracaju, Nova Andradina, Ponta Porã, Coronel Sapucaia e Iguatemi. O cobrador Sérgio Dias Assis, 37, participou do evento pela primeira vez e já garantiu sua presença nas próximas edições. “Vim a convite de um amigo e já me apaixonei. É muito melhor do que pular carnaval na rua”, ressalta. “Quem vem até aqui tem o mesmo objetivo: trabalhar todos os dias para que o futuro seja menos violento e mais promissor”, avalia o professor Carlos Alberto Duarte, 47, morador de Rio Brilhante. No total, oito bandas se apresentaram durante os quatro dias do evento. Luis Torres lembra que o objetivo principal do evento foi alcançado: evangelizar e falar de Deus durante o Carnaval. “Aqui, provamos que é possível pular um carnaval sem drogas, bebidas ou prostituição”, afirmou.Este ano, o evento tem como tema “Queremos ver Jesus”, com o lema “Levanta-te, Dourados, de joelhos”. Sob a promoção da RCC (Renovação Carismática Católica), o Carnaval com Cristo reúne caravanas de diversos municípios da região, como Itaporã, Nova Andradina e Fátima do Sul. A grande atração do Carnaval com Cristo está no modelo criado para a evangelização. Neste caso, o evento envolve louvor, música, missas, pregações e muita animação. “Quem disse que pra falar de Deus é preciso ficar triste ou chorar? Nada disso. Aqui, a gente se diverte muito”, lembra a secretária Carla Cristina Amaro, 26.Outro ponto importante apontado pela organização foi o comércio. Durante os quatro dias do evento, várias barracas de instituições e grupos religiosos venderam camisetas, terços, cd´s, bíblias, livros e diversos artigos religiosos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Cuidadora é presa após assalto que terminou em morte de médico de 93 anos
TST
Petroleiros fecham acordo com a Petrobras e encerram greve de 20 dias
JARDIM
Armado, homem ameaçava enteada de 8 anos para estuprá-la
UEMS
Mestrado Profissional em Ensino em Saúde abre inscrições em Dourados
ECONOMIA
Associações pedem que Reinaldo revogue aumento do ICMS da gasolina
CAMPO GRANDE
Mulher é presa após xingar idoso e bater na vizinha com mangueira
BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Após negociação, mulher é resgatada de torre no Guaicurus
DOURADOS
Bombeiro usou técnica de rapel para resgatar mulher em torre