Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221
INFRAESTRUTURA

Cancelamento de voos cai 90% em Dourados

31 outubro 2017 - 14h05Por Da Redação

Depois que o Aeroporto Municipal Francisco de Matos Pereira passou a operar por instrumentos para aeronaves na Categoria 3, com autorização dos órgãos reguladores, o índice de cancelamento de voos caiu 90% em Dourados, segundo o administrador do aeroporto, Juliano Domingos.

A média, que era de até três cancelamentos por mês, com picos entre maio e agosto, caiu para apenas três desde 25 de maio deste ano, quando o novo sistema passou a ser utilizado no maior município do interior de Mato Grosso do Sul.

“Tínhamos muitos voos que voltavam à origem ou iam para Campo Grande e isto caiu bruscamente. Ainda temos uma taxa baixa de cancelamento porque, mesmo com os mais sofisticados métodos de segurança, há situações que o piloto decide não pousar, e aqui foram três em seis meses”, disse Juliano.

A diminuição em 90% foi possível graças à mudança ocorrida nas cartas de aproximação inseridas no sistema da aeronave e que permite saber os pontos ideais de voo até que seja possível avistar a pista. “Esta altitude mínima já foi de 4 mil pés, baixou para 2 mil pés e, agora, é de 350 pés, algo em torno de 200 metros. Com a carta de navegação o piloto consegue aproximar mais do chão para avistar a pista”, explicou Juliano.

A empresa que opera voos em Dourados já retomou, inclusive, o itinerário da madrugada, antes desativado por problemas de visibilidade recorrentes. Segundo Juliano, o novo procedimento também permite, agora, que a empresa possa inserir a aeronave Embraer 195, com capacidade para 118 passageiros, nos voos para Dourados. “Basta que a empresa queira e a Anac autorize”, disse Juliano.

A prefeita Délia Razuk destacou o avanço para as pessoas que necessitam do serviço e falou de como isto influencia positivamente para a imagem de Dourados frente a investidores. “Ter um aeroporto que permita determinadas operações sempre é tido como ponto a ser analisado por empresas e investidores. Aqui em Dourados as pessoas merecem este conforto”, disse.

Reforçando o que a prefeita disse, empresários de Dourados já se manifestam sobre a melhoria para a população. Claudio Marcelo Rodrigues da Cunha, médico radiologista, destacou os avanços que a redução de cancelamentos permitiu para o trabalho que desempenha. “Particularmente, tenho muitas ressalvas positivas e sei que o trabalho está sendo feito para que muito mais seja alcançado. A peteca não pode cair”, disse.

A luta para que as cartas de navegação sofressem alteração para melhor iniciou em 2012 e, como a própria prefeita Délia destacou, teve participação de muitas pessoas, entre elas o ex-prefeito Murilo Zauith, o pessoal do Aeroclube de Dourados e todos que intercederam junto à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O aeroporto de Dourados tem média mensal de 5 mil passageiros e atende uma região de 17 municípios. Recentemente, a regularização dos bombeiros que atuam no aeroporto e os projetos de ampliação que estão em andamento abriram novos horizontes para este serviço.

O projeto de ampliação, que será executado pelo Exército, é a principal luta da administração da prefeita Délia Razuk. Segundo Juliano Domingos, com as mudanças que vêm por aí, o aeroporto de Dourados poderá receber aviões de grande porte de outras empresas, operando voos com mais passageiros e em menor tempo.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LADÁRIO
Acordo garante legalização das linhas de transporte intermunicipal de passageiros
LEGISLATIVO
Deputados devem votar cinco projetos nesta terça-feira
BRASILÂNDIA
Pai e filhos são condenados a mais de 80 anos de prisão por homicídios
PAZ NO CAMPO
PF faz operação para desarmar grupos indígenas em MS
PESQUISA
Subida do nível do mar preocupa cientistas
DOURADOS
Jovens são presos tentando arremessar drogas para dentro da Unei
POLÍCIA
Mulher é presa com droga na rodoviária de Dourados
TELEVISÃO
Lívia Andrade e MC Mirella batem boca durante programa do SBT
AGRONEGÓCIO
Governo federal aprova registro de mais 31 agrotóxicos, somando 169
BANCO DOS RÉUS
Julgamento da ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, começa hoje

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação
DOURADOS
Délia decreta estado de emergência por desmoronamento na Presidente Vargas