Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Campanha arrecada doações para o Lar Ebenézer de Dourados

02 junho 2011 - 09h27

Uma campanha diferente está sendo realizada por uma rede de supermercados de Dourados em prol do Lar Ebenézer (Associação Evangélica Douradense de Assistência Social), casa de acolhida de menores vítimas de violência domestica, enviadas através do Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude.

Sacolas do Supermercado trazem a seguinte mensagem “Ajude Mudar a Historia de Várias Crianças da Grande Dourados. Sua contribuição é muito importante”.

A ideia e execução partiu da rede de Supermercados ABV Dourados, em dar sua contribuição, para divulgar o trabalho e arregimentar novos doadores e patrocinadores, padrinhos para o Lar Ebenezer, contribuindo de forma direta e indiretamente na formação das crianças e adolescentes ali acolhidas, preparando-as para a reintegração na família e na sociedade de forma útil e produtiva.

Segundo a presidente da instituição, Mariúcia Bezerra Inácio a campanha feita pela rede de Supermercado vem acontecendo desde 2010, e as sementes começam a dar frutos, uma vez que a entidade é divulgada e os consumidores se valem do endereço e telefone da Entidade para contato e contribuição, estampados nas sacolas do supermecado ABV.

Para conhecer o trabalho da instituição, visitem “in loco” as dependências do Lar Ebenezer, localizada na Rua 20 de Dezembro nº 3.170, telefone(67) 3425-4118- (Próximo ao Trevo da Bandeira).

As doações ou contribuições podem ser realizadas através dos telefones – (67)- 3425-4518 e nas contas correntes abaixo:

No Banco HSBC
AG. 0234
C\C. 48.464-20

Banco Bradesco
AG. 0189
C/C. 053.347-5

Caixa econômica Federal
AG. 2052
C\C. 126-4



###Conheça o Lar Ebenézer.

Com 23 anos de existência a entidade que trabalha na acolhida de meninas de 4 a 12 anos, de idade, entretanto, podem permanecer mesmo se superarem a idade limite, até efetivamente encontrarem um encaminhamento seguro, na vida, em família e sociedade.

As acolhidas, normalmente são vítimas de violência domestica, sevícias, abusos ou órfãs, tirando-as das ruas e lhes proporcionando uma oportunidade de ser útil a sociedade, dando atendimento desde alimentação, saúde, formação moral, educacional, religiosa e profissional.

A Entidade sobrevive de doações de todos os seguimentos da sociedade douradense, dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais, do Ministério Público Estadual e Procuradoria do Trabalho, além de verbas de convênios.

De acordo com Mariúcia “a finalidade da instituição é realizar um trabalho de formação e preparo para as crianças e adolescentes discriminadas e que fatalmente se não socorridas e não orientadas cairiam na prostituição, marginalidade ou vícios, aumentando a estatística da marginalidade, ante a crise social que passa o país, em especial envolvendo menores. E, através desse trabalho preparar vidas para serem úteis a sociedade”, disse ela.


Maiores informações:
Telefones para contato:
Mariúcia (Presidente) _ (67) - 3422 – 7055 - (67) 9971- 4761 – (67) 9979-5151

Lar Ebenezer (Cleire) – (67)- 3425- 4118

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
DOURADOS
UEMS realiza simpósio e comemora 10 anos de Educação a Distância
PESQUISA
Relatório inédito prova que ondas de celulares causam câncer em ratos
UFGD
Jornada Acadêmica de Medicina começa na próxima sexta-feira
CORUMBÁ
Bolivianos são presos transportando 55 quilos de cocaína em ônibus
BANDEIRANTES
Colisão entre pick-up e carreta mata jovem de 21 na BR-163
JUSTIÇA
Condomínio e municípiovão indenizar pedestre que caiu em buraco
EMPREGO
Comarca de Naviraí abre seleção de estagiários de Direito
PARALIMPÍADAS ESCOLARES
MS participa do maior evento paradesportivo Escolar do Mundo
POLÍTICA
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela