Menu
Busca terça, 17 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Campanha arrecada doações para o Lar Ebenézer de Dourados

02 junho 2011 - 09h27

Uma campanha diferente está sendo realizada por uma rede de supermercados de Dourados em prol do Lar Ebenézer (Associação Evangélica Douradense de Assistência Social), casa de acolhida de menores vítimas de violência domestica, enviadas através do Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude.

Sacolas do Supermercado trazem a seguinte mensagem “Ajude Mudar a Historia de Várias Crianças da Grande Dourados. Sua contribuição é muito importante”.

A ideia e execução partiu da rede de Supermercados ABV Dourados, em dar sua contribuição, para divulgar o trabalho e arregimentar novos doadores e patrocinadores, padrinhos para o Lar Ebenezer, contribuindo de forma direta e indiretamente na formação das crianças e adolescentes ali acolhidas, preparando-as para a reintegração na família e na sociedade de forma útil e produtiva.

Segundo a presidente da instituição, Mariúcia Bezerra Inácio a campanha feita pela rede de Supermercado vem acontecendo desde 2010, e as sementes começam a dar frutos, uma vez que a entidade é divulgada e os consumidores se valem do endereço e telefone da Entidade para contato e contribuição, estampados nas sacolas do supermecado ABV.

Para conhecer o trabalho da instituição, visitem “in loco” as dependências do Lar Ebenezer, localizada na Rua 20 de Dezembro nº 3.170, telefone(67) 3425-4118- (Próximo ao Trevo da Bandeira).

As doações ou contribuições podem ser realizadas através dos telefones – (67)- 3425-4518 e nas contas correntes abaixo:

No Banco HSBC
AG. 0234
C\C. 48.464-20

Banco Bradesco
AG. 0189
C/C. 053.347-5

Caixa econômica Federal
AG. 2052
C\C. 126-4



###Conheça o Lar Ebenézer.

Com 23 anos de existência a entidade que trabalha na acolhida de meninas de 4 a 12 anos, de idade, entretanto, podem permanecer mesmo se superarem a idade limite, até efetivamente encontrarem um encaminhamento seguro, na vida, em família e sociedade.

As acolhidas, normalmente são vítimas de violência domestica, sevícias, abusos ou órfãs, tirando-as das ruas e lhes proporcionando uma oportunidade de ser útil a sociedade, dando atendimento desde alimentação, saúde, formação moral, educacional, religiosa e profissional.

A Entidade sobrevive de doações de todos os seguimentos da sociedade douradense, dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais, do Ministério Público Estadual e Procuradoria do Trabalho, além de verbas de convênios.

De acordo com Mariúcia “a finalidade da instituição é realizar um trabalho de formação e preparo para as crianças e adolescentes discriminadas e que fatalmente se não socorridas e não orientadas cairiam na prostituição, marginalidade ou vícios, aumentando a estatística da marginalidade, ante a crise social que passa o país, em especial envolvendo menores. E, através desse trabalho preparar vidas para serem úteis a sociedade”, disse ela.


Maiores informações:
Telefones para contato:
Mariúcia (Presidente) _ (67) - 3422 – 7055 - (67) 9971- 4761 – (67) 9979-5151

Lar Ebenezer (Cleire) – (67)- 3425- 4118

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARTIGO
Não ao álcool
DOURADOS
Médico sai de férias e população fica 1 mês sem consulta em posto
ESPORTES DE AVENTURA
Cidade de MS tem calendário recheado de eventos no segundo semestre
OPORTUNIDADE
Escola Senai da Construção inicia dois cursos gratuitos para soldados do Exército
MS-276
Acidente envolvendo caminhões deixa uma pessoa presa às ferragens
TERCEIRA VEZ
Cármen Lúcia assume interinamente a Presidência da República
É LEI
Ipê-Amarelo se torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul
BRASIL
Publicado decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados
FAMOSOS
Bruna Marquezine posta selfie de roupão e ganha elogios de famosos
DOURADOS
Guarda encontra maconha enterrada em terreno baldio

Mais Lidas

ACIDENTE
Douradense morre horas depois de cair do cavalo em fazenda
BUSCAS
Pai busca notícias sobre filho adolescente desaparecido em Dourados
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa
DOURADOS
Polícia prende assassino de mecânico morto a pauladas