Menu
Busca quinta, 22 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
NOVA SESSÃO

Câmara tem reforço na segurança, mas protestos suspendem sessão

25 outubro 2017 - 10h16Por Adriano Moretto e Guilherme Pires

Policiais militares reforçam a segurança na Câmara de Vereadores de Dourados na manhã desta quarta-feira (25), quando a Casa tentará, pela terceira vez, votar a proposta do Executivo sobre a alteração do PLC (Projeto de Lei Complementar) 267/2014, conhecido como ‘lei do pré-sal’ e que impacta no salário dos servidores públicos da Educação. 

A entrada ao local foi restrita a apenas 50 pessoas, que precisaram apresentar documentação, conforme informou a assessoria de imprensa do Legislativo.

Ao tentar iniciar a sessão, sem sucesso, a presidente Daniela Hall (PSD) suspendeu por conta da manifestação sonora e pediu para que a GMD (Guarda Municipal de Dourados) fizesse a retirada dos objetos. 

Há tumulto em frente a Câmara e muitos professores reclamam de não poder acessar as galerias. 

O vereador Elias Ishy (PT) chegou a sair e pedir calma aos manifestantes, porém, o protesto segue.

Pela proposta entregue à Câmara, a Lei aprovada no passado, conhecida como “lei do pré-sal”, deve ser adequada para a nova realidade nacional. Conforme a administração municipal, a folha dos servidores equivale a R$ 60 milhões, considerando os primeiros dez meses da atual administração. 

“Isso foi necessário porque, na verdade, a lei do pré-sal nem chegou a entrar em vigor no País, e, com a gratificação, o Município assume encargos menores na condição de ente empregador; ou seja, é um esforço compartilhado com todos para sairmos da crise nacional que atinge municípios, estados e a União”, explica a procuradora-geral do Município, advogada Lourdes Benaducce.

De  acordo com a medida aprovada no passado, a prefeitura deve pagar cinco parcelas -uma por ano até 2020 – aos professores até  que o valor do piso de 40h seja repassado à quantia de 20h.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
PGR empossa líder de lista tríplice como procurador-geral do trabalho
TJMS
Feriado do Servidor Público é transferido para o dia 10 de outubro
BRASIL
PF abre inquérito para investigar indícios de sabotagem em sistemas do MEC
MS
Mais três novas frentes são criadas por deputados estaduais
CRIME AMBIENTAL
Desmatamento irregular gera multa de R$ 9 mil a homem
BRASIL
No Senado, CCJ realiza último dia de debates sobre Previdência
ASSEMBLEIA
Deputados aprovam projetos de lei e de emenda constitucional
DOURADOS
Hospital da Vida tem nova captação de órgãos
FLAGRA
Comboio com contrabando é apreendido em MS
Hospital da Vida
Ao MPE, médico relata confusão total de informações em plantão com morte

Mais Lidas

POLÍCIA
Travesti furta veículo e é presa em Dourados
BR-163
Pedaço de pneu na pista causou acidente com morte que envolveu quatro carretas
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
CAARAPÓ
Ferido em acidente com morte na BR-163 é transferido para Dourados