Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
projeto, câmara municipal, apoiadora

Câmara Municipal de Dourados é apoiadora do projeto MPEduc

08 julho 2015 - 12h07

A Câmara de Vereadores de Dourados será uma das instituições apoiadoras do projeto MPEduc (Ministério Público pela Educação), que começa a ser desenvolvido neste semestre pelo MPF (Ministério Público Federal) e MPE/MS (Ministério Público do Estadual) na região da Grande Dourados.

Nesta terça-feira, dia 07 de julho, os vereadores de Dourados receberam a visita dos promotores públicos Paulo Roberto Gonçalves Ishikawa, Luiz Gustavo Camacho Terçariol, Eteldes Brito M. Dias Júnior, Juliano Albuquerque, Cláudia Almirão e Eduardo F. de Rose, que visitaram no Legislativo para apresentar o projeto de âmbito nacional que pretende debater a qualidade do ensino básico nas escolas públicas sul-mato-grossenses. O projeto conta ainda com a participação do procurador república Pedro Gabriel Gonçalves.

Os promotores públicos foram recepcionados pelo presidente da Câmara de Dourados Idenor Machado (DEM), confirmou no encontro a cedência do plenário da Casa e de toda equipe de apoio da Câmara para a realização da primeira audiência pública do MPEduc no município, que acontece no próximo dia 25 de agosto. “Mais uma vez a Câmara se coloca como parceira do Ministério Público por entender a relevância do projeto e a importância de se discutir ações que culminem com a melhora da qualidade da educação em nossa cidade e em todo o país”, destacou Idenor.

O MPEduc, já implementado em outros Estados do país, começa, neste ano, a ser executado em Mato Grosso do Sul. O projeto, inicialmente a ser realizado nas instituições públicas de ensino da região da Grande Dourados, objetiva melhorar os serviços prestados à população e o desempenho das escolas no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).


###MPEduc
O MPEduc é um projeto nacional do Ministério Público Brasileiro. Voltado para a educação básica, o projeto, por meio de série de ações, visa acompanhar a execução de políticas públicas educacionais e a aplicação de verbas nas escolas. O projeto inclui a visitação nas unidades de ensino, realização de audiências públicas, análise dos conselhos de educação, expedição de recomendações e o esclarecimento da população sobre o direito à educação de qualidade.

Em Mato Grosso do Sul, o projeto inicia pelos municípios da Grande Dourados: Anaurilândia, Angélica, Bataiporã, Caarapó, Deodápolis, Douradinha, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Ivinhema, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante, Taquarussu e Vicentina e tende a ser implementado também nas outras regiões do Estado.



Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Maísa Silva, de 16 anos, posta foto de biquíni e rebate assediador: "Nojento"
COSTA RICA
Serralheiro é preso sob suspeita de abusar criança de 5 anos em quitinete
OPORTUNIDADE
De máquina de escrever a estante, leilão oferta 12 lotes a partir de R$ 100
POLÍTICA
Bolsonaro sai em defesa de Tereza Cristina: ela tem nossa confiança
CAMPO GRANDE
Homem que se jogou do nono andar de hotel passa por cirurgia no braço
CONCURSOS
Ao menos 13 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 1300 vagas
CAMPO GRANDE
Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro destruído pelo fogo
CONCURSO
Itaporanense conquista o título de Mister Personalidade de Las Américas
IGUATEMI
Mulher contratada por presidiário é presa com explosivos na MS-295
EMPREGO
Idosos no mercado de trabalho é recorde, mas sem carteira assinada

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados
CACHOEIRINHA
Mulher denuncia e marido é encontrado em ponto de distribuição de drogas