Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221
projeto, câmara municipal, apoiadora

Câmara Municipal de Dourados é apoiadora do projeto MPEduc

08 julho 2015 - 12h07

A Câmara de Vereadores de Dourados será uma das instituições apoiadoras do projeto MPEduc (Ministério Público pela Educação), que começa a ser desenvolvido neste semestre pelo MPF (Ministério Público Federal) e MPE/MS (Ministério Público do Estadual) na região da Grande Dourados.

Nesta terça-feira, dia 07 de julho, os vereadores de Dourados receberam a visita dos promotores públicos Paulo Roberto Gonçalves Ishikawa, Luiz Gustavo Camacho Terçariol, Eteldes Brito M. Dias Júnior, Juliano Albuquerque, Cláudia Almirão e Eduardo F. de Rose, que visitaram no Legislativo para apresentar o projeto de âmbito nacional que pretende debater a qualidade do ensino básico nas escolas públicas sul-mato-grossenses. O projeto conta ainda com a participação do procurador república Pedro Gabriel Gonçalves.

Os promotores públicos foram recepcionados pelo presidente da Câmara de Dourados Idenor Machado (DEM), confirmou no encontro a cedência do plenário da Casa e de toda equipe de apoio da Câmara para a realização da primeira audiência pública do MPEduc no município, que acontece no próximo dia 25 de agosto. “Mais uma vez a Câmara se coloca como parceira do Ministério Público por entender a relevância do projeto e a importância de se discutir ações que culminem com a melhora da qualidade da educação em nossa cidade e em todo o país”, destacou Idenor.

O MPEduc, já implementado em outros Estados do país, começa, neste ano, a ser executado em Mato Grosso do Sul. O projeto, inicialmente a ser realizado nas instituições públicas de ensino da região da Grande Dourados, objetiva melhorar os serviços prestados à população e o desempenho das escolas no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).


###MPEduc
O MPEduc é um projeto nacional do Ministério Público Brasileiro. Voltado para a educação básica, o projeto, por meio de série de ações, visa acompanhar a execução de políticas públicas educacionais e a aplicação de verbas nas escolas. O projeto inclui a visitação nas unidades de ensino, realização de audiências públicas, análise dos conselhos de educação, expedição de recomendações e o esclarecimento da população sobre o direito à educação de qualidade.

Em Mato Grosso do Sul, o projeto inicia pelos municípios da Grande Dourados: Anaurilândia, Angélica, Bataiporã, Caarapó, Deodápolis, Douradinha, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Ivinhema, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante, Taquarussu e Vicentina e tende a ser implementado também nas outras regiões do Estado.



Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
De biquíni em Paraty, Mariana Ximenes suspira: "Pode já querer voltar?"
CAPITAL
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência
POLÍCIA
Vítima de tiro do pai, estudante presta depoimento e diz que vai embora
TJ/MS
Coordenadora da Mulher debate violência de gênero em Genebra
BELA VISTA
Trabalhador procura polícia para denunciar trabalho escravo em carvoaria
STF
Decisão de Toffoli paralisa inquéritos de lavagem, diz Chefe da Lava Jato
PORTO MURTINHO
Homem disse que acordou com onça pintada nas costas, diz médico
NAVIRAÍ
Ladrões que invadiram casa de vereadora e roubaram joias são presos
BRASIL
Lista do Não me Perturbe já tem mais de 600 mil pessoas cadastradas
CAMPO GRANDE
Homem é executado com três tiros no interior de veículo

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação