Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
SOLIDARIEDADE

Câmara de Dourados garante Economia Solidária nos eventos oficiais

17 junho 2015 - 10h27

A Câmara Municipal de Dourados aprovou na última segunda-feira, dia 15 de junho, o projeto de lei nº 53/2015, de autoria do vereador Elias Ishy (PT), que visa assegurar 30% do espaço físico destinado à praça de alimentação e à área de comercialização de produtos aos empreendimentos de Economia Solidária em todos os eventos festivos e culturais previstos no calendário do município.

“Dourados foi um dos primeiros a instituir o Fórum Municipal de Economia Solidária, teve aprovada em 2011 a lei municipal de apoio e fomento à Economia Solidária, além da criação de uma secretaria específica. Ao longo dos anos, os empreendedores solidários estão cada vez mais organizados e expandindo sua capacidade produtiva. Essa lei é mais um passo importante para o fortalecimento do movimento da Ecosol em nosso município”, afirmou Ishy.

A lei aprovada por unanimidade determina que a Prefeitura publique no Diário Oficial a chamada pública, informando o prazo de inscrição aos empreendimentos solidários interessados na participação nos eventos festivos e culturais e o total de barracas e espaços destinados à Economia Solidária. Caso as vagas não sejam preenchidas, estes espaços poderão ser redistribuídos conforme critérios definidos para a realização do evento.

Para serem contemplados, empreendimentos solidários deverão estar incluídos no Cadastro de Empreendimentos Econômicos Solidários – CADSOL e aprovados após consulta ao Conselho Municipal de Economia Solidária.

Ishy destaca que esta lei vem atender a uma reivindicação do movimento da Economia Solidária, pois nos últimos anos a cada evento realizado no município os empreendedores solidários eram obrigados a fazer uma “romaria” pelas secretarias organizadoras solicitando espaços para comercialização de seus produtos. A Prefeitura acabava atendendo, mas com esta lei ficam estabelecidos os critérios para distribuição dos espaços, tornando-se um dispositivo legal que vem incrementar o que determina a lei de apoio e fomento à Economia Solidária de 2011.

A lei segue agora para sanção pelo prefeito e publicação no Diário Oficial.



Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Chapecoense e Fluminense se enfrentam por "novos ares" no Brasileirão
TRÊS LAGOAS
Apartamento é invadido por dupla armada e casal é ferido a tiros
DÉCOR DO DIA
Sala de estar decorada com pufes e gallery wall
ESPORTES
Judô do MS conquista duas vagas para o Pan e Sul-Americano Sub-13
GERAL
Projeto de educação para o trânsito do Detran passará por modernização
ECONOMIA
Dólar abre em alta a R$ 4,05 e Bolsa de Valores opera em baixa
DOURADOS
Após temporal, avenida fica parcialmente bloqueada para limpeza e retirada de árvore
FUTEBOL
Vasco e Bahia buscam arrancada para se afastar do Z-4 do Brasileirão
NOVELA
Adriane Galisteu capricha na vilania e se destaca em “O Tempo Não Para”
BRASIL
IBGE mostra que municípios de MS lideram área plantada e valor em produção de silvicultura

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital
POLÍCIA
Homem sofre tentativa de homicídio em Dourados