Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
UNIGRAN

Calouros de Fisioterapia participam de aulas com metodologias ativas

23 abril 2019 - 21h20Por Da Redação

Os acadêmicos dos primeiros semestres integral e noturno de Fisioterapia da Unigran participaram, na última semana, de aulas com a utilização de metodologias ativas. A atividade foi coordenada pela professora  ngela Midori, na disciplina de História e Deontologia da Fisioterapia, e consistiu na formação de grupos que pesquisaram uma área de atuação do profissional, bem como os recursos e equipamentos utilizados nela, e a apresentação sobre o funcionamento por meio de uma maquete.

A utilização de metodologias ativas pelos docentes na Unigran foi intensificada a partir da iniciativa da Pró-reitoria de Ensino e Extensão, que trouxe o professor doutor Ricardo Ramos Fragelli para uma palestra que inspirou os educadores a proporcionem um ensino que coloque o estudante como protagonista do aprendizado e solidário com o aprendizado do outro.
Durante a palestra, Fragelli apresentou os métodos a partir da ideia de como estimular o engajamento do acadêmico em sala de aula, depois partindo para uma proposta mais ampla em que se utilizam outros elementos como a arte, despertando a criatividade e culminando no objetivo de que só o engajamento e um bom ambiente não são suficientes para a formação humana.

A professora  ngela Midori explicou que a apresentação de recursos terapêuticos de áreas de atuação da Fisioterapia faz parte do conteúdo da disciplina para que os alunos possam pesquisar e conhecê-las. “Essa metodologia foi utilizada como um incentivo para proporcionar uma pesquisa mais lúdica e interativa e para que despertasse neles outros sentidos além do visual, da escrita ou da apresentação oral. Com ela, eles puderam sentir como é a forma dos objetos, se atentaram aos detalhes, às cores e ao funcionamento, o que enriqueceu o aprendizado. A maioria dos grupos se sobressaiu e foi além do que tínhamos proposto, tornando o resultado muito satisfatório”, disse.

A aluna Maria Eduarda Azambuja Voigtlander destacou a contribuição da atividade para o aprendizado. “Essa metodologia tornou a aula mais dinâmica e isso contribuiu muito mais na absorção do conhecimento. Confeccionar as maquetes nos obrigou a aprofundar a pesquisa e ajudou a dominar o conteúdo para que pudéssemos fazer a apresentação. Outro ponto interessante é que os próprios alunos foram explicando sobre o funcionamento dos aparelhos e equipamentos e isso tornou a aula mais interessante e participativa”, apontou. 

Os trabalhos apresentados abordaram sobre as áreas de Fisioterapia: Dermatofuncional, Fisioterapia do trabalho, Fisioterapia Traumato-ortopédica, Fisioterapia Neurofuncional, Pilates e Hidroterapia.
 
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Pitty posa sexy de lingerie em quarto de hotel
ECONOMIA
MS tem melhor saldo de emprego em julho desde 2012
COMIDA ÁRABE
Pacientes em tratamento contra o câncer aprendem receitas saudáveis e saborosas
DETERMINAÇÃO
Justiça proíbe transferências de presos para presídio de Três Lagoas
INTERNACIONAL
Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta, diz Bolsonaro
IMUNIZAÇÃO
Vacinação antirrábica terá pontos fixos amanhã em Dourados
DOURADOS
Encontro de fanfarras de percussão acontece amanhã na Praça Antônio João
TRÁFICO
Mulher é presa transportando maconha até Campo Grande
UNIÃO
Países da América do Sul se mobilizam contra incêndios florestais
FLAGRANTE
Homem que agrediu mulher é preso e tem arma apreendida

Mais Lidas

DOURADOS
VÍDEO: Guarda agride rapaz em abordagem na UPA e corregedoria abre inquérito para apuração
VALE QUANTO?
Peritos imobiliários avaliam Douradão para venda ou aluguel a pedido da prefeitura
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas
FÁTIMA DO SUL
Mulher morre ao ser atropelada por Fiorino em avenida