Menu
Busca domingo, 23 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
EXPLOSIVOS

Bombeiros alertam sobre perigos com fogos de artifício

12 junho 2015 - 06h35

Neste período das tradicionais festas juninas e julinas, as vendas de fogos de artifícios aumentam e com elas, o perigo com as bombas. O Corpo de Bombeiros de Dourados alerta a população, para que fiquem atentos tanto na compra quanto ao manusearem os fogos, pois é comum acidente envolvendo rojões e as famosas bombas, para evitar queimaduras graves ou debilitação física.

“É muito comum acidentes de pessoas com fogos, sendo quem administra o produto ou de pessoas que estão próximo aos locais onde eles são soltados. Com isso pedimos a quem manusear esses produtos, tomarem bastante cuidado e sempre seguir o manual de instrução, para que evitem acidente”, disse o capitão Ednilson Pereira Domingos, chefe do setor de atividades técnicas, do 2º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Dourados.

Ele conta ainda que muitos casos não chegam até o conhecimento da brigada, pois as pessoas que sofrem acidentes envolvendo explosivos são socorridas por familiares e amigos e encaminhados direto para hospitais.

“Atendemos poucos casos, mas isso não quer dizer que ele não exista. Atendemos apenas os mais graves com sangramento ou quando a pessoa perde parte de membros como dedos. Em 2014 não atendemos nenhum neste período”, fala.

Entre as recomendações estão nunca deixar o produto com crianças e procurar um local aberto longe de residências e pessoas.

No caso das bombas, o ideal é colocar no chão sem pedras ou pedregulhos, pois os estilhaços podem acertar pessoas próximas, nunca ascender diretamente na caixa de fósforo, ou colocar dentro de embalagens plásticas ou de vidros.

A fiscalização por parte dos órgãos de segurança também é importante para que a compra seja feita em locais onde o produto possua autorização para comercialização.

“Desde quando trabalho aqui há 13 anos, vendemos fogos, mas para revender precisamos de uma documentação e licença, até por segurança do local também e não vendemos para menores de idade”, disse Vanderlei dos Santos, funcionário de uma dessas empresas.

Os órgãos responsáveis em fiscalizar o material que é explosivo são o Exército [fabricação, transporte e importação], a Polícia Civil quando há irregularidade e o Corpo de Bombeiros na questão da segurança.

“Nós realizamos fiscalização tanto de ofícios como as por meio de denúncia dentro das nossas possibilidades, até porque os estabelecimentos que comercializam também devem ter cuidados ao armazenar e manusear como o local adequado com ventilação, extintor e dependendo da quantidade deve ter até hidrante”, explica Edenilson.

Domingos conta ainda que, um problema enfrentado por parte da fiscalização são os fogos que entram de maneira clandestina na cidade, comprados no país vizinho (Paraguai) e revendidos posteriormente.

“Infelizmente tem muito, é crime por se tratar de explosivo e também contrabando por não possuir nota, além de na embalagem as instruções de uso estar em outros idiomas. Então não podemos afirmar que esse produto tem controle de qualidade e pode trazer sérios riscos à saúde de quem o manuseia. É importante também que as pessoas que irão fazer o uso de fogos se preocupem onde comprar, prestar a atenção se a loja é credenciada ter esse cuidado também”, contou.

Cada tipo de produto pirotécnico tem uma classificação, de acordo com o seu poder de explosão ou queima, estipulada por norma do Ministério do Exército:

Classe A (Infantil ) - Podem ser vendidos a menores e sua queima é livre (recomendável assistência de adultos).

Classe B (Juvenil) - Podem ser vendidos a menores, mas a sua queima é proibida em terraços, portas ou janelas que tenham proximidade com vias públicas (também sob a assistência de adultos).

Classe C (Adulto) - Venda proibida a menores de 18 anos.

Classe D (Profissionais) - Venda proibida a menores de 18 anos em qualquer hipótese. Só pode ser queimado com licença prévia da autoridade competente.


Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luisa Sonza relata críticas após procedimento: 'Acharam feio'
MEDIDA
ANP vai fazer consulta para substituir GNL importado por gás doméstico
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
LADÁRIO
Três pessoas ficam feridas em capotagem de carro
INVESTIGAÇÃO
Polícia Federal reforça versão de que agressor de Bolsonaro atuou sozinho
CAPITAL
Carreta tomba com 27 toneladas de agrotóxico
POLÍTICA
Temer viaja a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU; Toffoli assume Presidência
PONTA PORÃ
PM recebe solicitação por desentendimento familiar e captura foragido
CAPITAL
Homem é encontrado morto com tiro na cabeça
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 42kg de maconha e skank após fuga de condutor

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS