Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Bebeto quer explicações sobre a produção de etanol e açúcar

03 maio 2011 - 14h54

03/05/2011 15h53 - Atualizado em 03/05/2011 15h53

# Bebeto quer explicações sobre a produção de etanol e açúcar

Administrador

O vereador Bebeto (PDT) encaminhou na sessão de ontem, na Câmara Municipal, requerimento ao Governo do Estado, solicitando à Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), informações sobre a produção de etanol em Mato Grosso do Sul.

O documento visa esclarecer à população de Dourados e do Estado, de que forma vem se desenvolvendo a produção do combustível, haja vista estarmos atravessando um período considerado delicado no que diz respeito ao fornecimento do combustível pelas usinas instaladas no Estado. “Vemos pelos noticiários e até mesmo no dia-a-dia que os preços dos combustíveis vêm
tendo um aumento significativo, pesando de forma considerável no orçamento da população que, vivendo num estado eminentemente produtor de etanol é obrigada a pagar preços bem acima do que se esperava”, aponta o vereador douradense.

Segundo Bebeto, é corrente hoje que “as usinas estão preferindo investir pesado na produção do açúcar que, segundo consta, está com preços mais convidativos no mercado internacional e com isso, a redução na produção do combustível vem sendo justificada por uma suposta queda na safra, algo que muitas pessoas não acreditam, já que continuam os trabalhos de colheita e plantação da cana-de-açúcar”, diz o parlamentar.

Para ele, é preciso que o Governo do Estado busque levantar o que realmente está acontecendo, para que os cidadãos não sejam obrigados a “pagar a conta” de algo que não lhes é de responsabilidade. “As usinas, para se instalarem no Estado, são beneficiadas com diversos incentivos e deveriam, em primeiro lugar, preservar a produção. Os Governos Federal e Estadual ao concederem benefícios, pedem em contrapartida que não aconteçam reajustes sem respaldo
real e que o cidadão seja beneficiado, mas o que podemos perceber é que o consumidor tem sido relegado a um segundo plano”, lamenta.

“Com o encaminhamento deste pedido de informações, esperamos que a resposta aconteça de forma rápida e que, se comprovado que realmente está sendo desvirtuado o foco principal da produção, medidas urgentes e rígidas sejam tomadas, para que depois não sejamos obrigados a ter que aceitar que índices em geral, como por exemplo o da inflação, sejam considerados normais e
tragam prejuízos para a comunidade”, encerra o vereador Bebeto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Luísa Sonza exibe boa forma em passeio de iate e ganha elogios
APOSENTADORIA
Reforma da Previdência pode ser votada em 1º turno nesta terça-feira
PONTA PORÃ
Veículo blindado roubado em São Paulo é recuperado na região de fronteira
FOGO
Helicópteros entram em operação no combate às queimadas no Pantanal
MARACAJU
Homem é preso por receptação e polícia recupera caminhão furtado
ECONOMIA
Termina hoje prazo para cliente da Caixa autorizar saques do FGTS
OPORTUNIDADES
Concursos: 17 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 1.500 vagas
OPERAÇÃO BOCAIÚVA
Ação apreende 11 filhotes de papagaios e aplica multa de R$ 60 mil
MEIO AMBIENTE
Semana da Árvore termina com plantio de mudas no Antenor Martins
FLAGRANTE
Guarda Municipal flagra "festinha social" lotada de menores

Mais Lidas

TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
TRAGÉDIA
Criança morre em hospital e polícia investiga estupro de vulnerável
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo