Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Bancários de Dourados terão devolução de Imposto Sindical

02 dezembro 2003 - 16h23

Pelo sétimo ano consecutivo os bancários da base sindical do Sindicato dos Bancários de Dourados vão ter de volta o imposto compulsório do imposto sindical. A contribuição sindical com a denominação de imposto criada por um Decreto-lei que regulamentou o ARTIGO 138, da Constituição Federal de 1937 é uma obrigação legal prevista na CLT - Consolidação das Leis Trabalhistas, em seu capitulo III, Arts. 578 a 610. com redação pelo Decreto-lei nº 27, de 14 de novembro de 1966 e correspondente a um dia de salário por ano de cada trabalhador formal do País.Essa contribuição, entretanto, não afeta os trabalhadores bancários de Dourados, desde que o mesmo esteja sindicalizado, é o que informa o diretor financeiro do Sindicato dos Bancários de Dourados e região, Walter Ogima.Segundo Ogima, desde 1996 o Sindicato dos Bancários de Dourados adotou essa política de devolução por entender que essa contribuição além de ser obrigatória, ainda tira a liberdade do trabalhador que contribui com sua entidade e as vezes não tem o retorno que precisa em suas lutas. Com o imposto sindical muitos sindicatos se acomodam o que faz com que poucas pessoas se sindicalizem. Na nossa base sindical mais de 90% dos bancários são sindicalizados. Os não sindicalizados acabam sendo prejudicados, pois, além de ficar fora das ações do sindicato, ainda não tem alguns benefícios como por exemplo à devolução desse imposto do qual, 60% é repassado ao sindicato da categoria, 15% segue para a respectiva federação, 5% fica para a confederação e o restante é destinado ao Ministério do Trabalho.Com a devolução a direção do sindicato acredita que, esse gesto contribui para o fortalecimento da liberdade e da autonomia sindicais e defende que a auto-sustentação da entidade deve passar fundamentalmente pelas mensalidades dos associadosPelos dados do Ministério do Trabalho, no ano passado foram arrecadados R$ 600 milhões de imposto sindical no setor urbano. Este imposto, no entanto, não é a única fonte de sustentação.A devolução começa a ser feita nesta quarta-feira nas agências bancárias de Dourados e Região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MARACAJU
Homem é preso por receptação e polícia recupera caminhão furtado
ECONOMIA
Termina hoje prazo para cliente da Caixa autorizar saques do FGTS
OPORTUNIDADES
Concursos: 17 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 1.500 vagas
OPERAÇÃO BOCAIÚVA
Ação apreende 11 filhotes de papagaios e aplica multa de R$ 60 mil
MEIO AMBIENTE
Semana da Árvore termina com plantio de mudas no Antenor Martins
FLAGRANTE
Guarda Municipal flagra "festinha social" lotada de menores
FÓRMULA 1
Vettel supera Leclerc, vence em Singapura e quebra jejum de 22 corridas
CONTRABANDO
Polícia apreende veículo com cigarros, pneus e essência de narguillé
ECONOMIA
Governo sanciona lei que facilita renegociação de dívidas com Agehab
DOURADOS
Campo-grandense é preso após roubar escritório de advocacia em Dourados

Mais Lidas

TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
TRAGÉDIA
Criança morre em hospital e polícia investiga estupro de vulnerável
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo