02/12/2013 18h30

Acusados de matar vendedor a facadas são identificados

 

.
Autores de matar vendedor já foram presos - Fotos: Osvaldo Duarte Autores de matar vendedor já foram presos - Fotos: Osvaldo Duarte

Maryuska Pavão com Osvaldo Duarte

Os autores do homicídio contra o vendedor de roupas, Gelson Albuquerque Macena, 43 anos, morador no Jardim Itália, encontrado morto na manhã desta segunda-feira na Sitioca Campo Belo, em Dourados foram identificados e dois deles foram presos pelos policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) e Defron (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira).

Junior Silva dos Santos de 18 anos e Jackson Willian Matias das Chagas de 20, ambos moradores no Jardim Água Boa, foram presos nesta segunda, acusados de cometerem o homicídio.

Um outro participante do crime, Marcio Henrique Greci de 19 anos, morador na Vila Hilda, ainda não foi localizado, mas sua prisão preventiva já foi decretada.

De acordo com depoimento dos autores do crime, eles estavam junto com a vítima na casa de Marcio, quando em circunstancias que são apuradas pela polícia, eles começaram a discutir e os três desferiram facadas no vendedor.

Após o crime, eles pegaram o carro e o corpo de Gelson e “desovaram” próximo a sitioca, mas segundo eles o fogo foi acidental, após se desfazerem de uma ponta de cigarro. Em seguida fugiram, quando próximo ao Distrito de Nova América o pneu do carro furou e eles deixaram o veículo com o proprietário de uma borracharia e voltaram para Dourados em um táxi.

À reportagem, o delegado Adilson Stiguivitis disse que os três por enquanto serão enquadrados pelo crime de homicídio, porém investigará será o caso pode ser caso de latrocínio (roubou seguido de morte).

Carro de Gelson foi localizado pelos policiais no distrito de Nova América Carro de Gelson foi localizado pelos policiais no distrito de Nova América