Menu
Busca terça, 18 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Audiência pública nesta sexta define cursos da Escola Técnica

07 dezembro 2012 - 09h34

O deputado federal Marçal Filho anunciou que a audiência pública oficial que definirá os cursos do Instituto Federal de Dourados (IFD), a Escola Ténica Federal, acontece nesta sexta-feira, dia 7 de dezembro, a partir das 18 horas, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “Na condição de presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante, posso afirmar que a audiência que apontará os cursos que serão oferecidos em Dourados será realizada na sexta-feira, coroando um trabalho que iniciamos há mais de 2 anos para garantir que nossa cidade não ficasse fora do programa de expansão do ensino técnico do Ministério da Educação”, enfatiza Marçal Filho.

A audiência será realizada em parceria com o o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), que nas últimas semanas tem promovido encontros informais para discutir o futuro das Escolas Técnicas Federais no Estado. “Esses encontros servem apenas para apresentar o modelo de funcionamento das unidades, mas a definição dos cursos acontece apenas após as audiências públicas oficiais como a que vamos realizar no dia 7 de dezembro”, avisa Marçal Filho. As audiências públicas oficiais atendem exigência do Ministério da Educação, já que a ideia central é que a definição dos cursos ocorra em consonância com os setores organizados da sociedade civil. “O mais importante é que este é mais um capítulo que escrevemos para a realização desse que é um sonho de todos nós douradenses e que, por pouco, não nos foi tirado”, argumenta.

Marçal Filho lembra que a luta para que Dourados recebesse o IFD, dentre outras ações, foi marcada pela realização de audiências públicas semelhantes que contaram com a participação de todos os segmentos da sociedade douradense e da região. Desde que retornou à Câmara, em 2009, o deputado, percebendo o equívoco de lideranças anteriores, buscou junto ao governo federal corrigir o erro de exclusão da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, dos dois planos de extensão da educação técnica e profissionalizante anteriores. “O primeiro passo foi manter contato com o Minstério da Educação e com o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, na pessoa do reitor Marcus Aurélius Stier Serpe, que estará em Dourados para a audiência da próxima sexta-feira”, revela o deputado.

Ainda na luta para impedir que Dourados ficassem sem a Escola Técnica Federal, o deputado Marçal Filho liderou a criação e foi eleito presidente da Frente Parlamentar de Apoio ao Ensino Ténico e Profissionalizante, o que lhe rendeu a missão, atribuida pela própria presidente Dilma Rousseff, de articular a aprovação, no Congresso Nacional, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “O Instituto Federal de Dourados é uma conquista do nosso mandato, mas também é uma vitória dos setores organizados da sociedade que quando foram chamados por nós se prontificaram a debater o futuro dessa importante ferramenta para a formação de mão-de-obra especializada”, argumenta Marçal Filho. “Por isso, convido novamente as entidades representativas do comércio, da indústria, da prestação de serviços, enfim, todos os setores, para a audiência oficial que vamos realizar hoje, na OAB”, finaliza o deputado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Sasha enfrenta calor forte do Rio em dia de praia com amigas
LADÁRIO
Antes da prisão, vereador procurou MP para “entregar” delator
CAARAPÓ
Juiz federal determina reintegração de área invadida por índios
TRÊS LAGOAS
Três dias após internação, professora morre com suspeita de dengue
RELIGIÃO
Imagens sacras serão mantidas no Planalto e Alvorada, diz Bolsonaro
AQUIDAUANA
Operador de máquina morre um dia após batida entre carro e caminhão
LIMINAR
Justiça de Goiás nega habeas corpus ao médium João de Deus
BATAGUASSU
Polícia apreende 115 quilos de cocaína em estepe de caminhão
MAIS CEDO
Globo oficializa que jogos de quarta-feira terão início às 21h30
TECNOLOGIA
Clientes do Banco do Brasil poderão usar WhatsApp para fazer saques

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem faz desabafo sobre a morte do pai em confronto: “lamento por você ter escolhido esse caminho”
DOURADOS
Délia exonera cinco secretários de uma só vez e inicia reforma administrativa
DOURADOS
“Batida” acaba com festa lotada de menores e regada a bebida alcoólica
POLÍCIA
Jovem é baleada em tentativa de assalto em Dourados