Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
PROJETO APROVADO

Assembleia autoriza Estado celebrar termos aditivos com União

05 outubro 2017 - 15h20Por Da Redação

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (5), em primeira discussão, o Projeto de Lei (PL) 215/2017, do Poder Executivo, que autoriza o Governo do Estado a celebrar termos aditivos aos contratos firmados com a União com base na Lei Federal 9.496, de 11 de setembro de 1997, e na Medida Provisória 2.192-70, de 24 de agosto de 2001, para adoção das condições estabelecidas pela Lei Complementar Federal 148, de 25 de novembro de 2014, e pela Lei Complementar 156, de 28 de dezembro de 2016.

Na prática, a proposta autoriza o Estado "a adotar o prazo adicional de até 240 meses para o pagamento de dívidas refinanciadas, usufruir da redução extraordinária da prestação mensal das dívidas, concedida pela União, pagar as parcelas de dívida vencidas e não pagas, em decorrência de mandados de segurança, em até 24 prestações mensais e consecutivas, vencendo-se a primeira em julho de 2018, bem como promover as modificações no Programa de Reestruturação e Ajuste Fiscal (PAF)". Um dos requisitos exigidos para a formalização dos termos aditivos junto à União é a publicação de lei autorizativa. O PL ainda deverá ser aprovado em segunda discussão.  

Também em primeira, o PL 201/2017, de Lidio Lopes (PEN), dispõe sobre a formação de preços ao consumidor de combustíveis no Estado. Em segunda discussão, foram aprovados o PL 74/2017 e o PL 169/2017. A primeira proposta, de Mara Caseiro (PSDB), cria o Programa de Prevenção e Combate ao Jogo da Morte - Baleia Azul. Já a segunda matéria, de Professor Rinaldo (PSDB), cria o Dia do Voluntário no Corpo de Bombeiros Militar, a ser celebrado anualmente em 21 de setembro.

Durante a última sessão plenária da semana, os deputados aprovaram ainda, em discussão única, o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 11/2017, do deputado Amarildo Cruz (PT), que dispõe sobre o processo inaugural de tombamento para o Grupo de Catira da Família Malaquias da Comunidade Quilombola de Santa Tereza, no município de Figueirão. Também foram aprovados 16 projetos de resolução, que concedem Títulos de Cidadão Sul-mato-grossense e Comendas do Mérito Legislativo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPASSE
Representantes da UFGD recorrem à bancada federal para nomeação de reitor
10 MESES
Bombeiros encontram mais um corpo da tragédia em Brumadinho
INVENTÁRIO
Juiz da Capital pode estar ligado a mais um esquema de corrupção
UEMS
Dourados sedia na próxima semana o IV Congresso de Línguas
INTERNACIONAL
Incerteza sobre 4º mandato de Evo marca eleição amanhã na Bolívia
Céuzinho
Jovem sobrevive após cair de altura de 20 metros em cachoeira
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes suspende lei municipal que barrava ensino de gênero
CAPITAL
Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou violeiro, diz motorista
UEMS
Semana Técnica de Computação começa segunda-feira em Dourados
CRIMINOSOS
‘Escritório’ da falsificação: Preso tinha contratos com grupo de estelionatários

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado tomba veículo na Joaquim Teixeira Alves
DOURADOS
Além de droga, pente-fino na PED encontrou cachaça, roteador de internet e ‘sky gato’
DOURADOS
Alvo de furtos e abusos no trânsito, avenida passa a ser monitorada por câmeras
PONTA PORÃ
Empresário é executado por pistoleiros na fronteira