Menu
Busca Sexta, 24 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Corpal Novo site
ESTRELA PORÃ

Após cobrar bicicleta, dupla atira e ateia fogo em casa de homem

16 Julho 2017 - 09h30

Zico Benites Paulo foi baleado e teve parte da casa incendiada na noite de ontem (15) em Dourados. Os suspeitos foram até o local para cobrar dele uma bicicleta a qual alegavam ter sido furtada pela vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta de 19h30 o rapaz disse que estava em sua residência, na rua Alice Ignácio Martins, Estrela Porã, quando os homens identificados como ‘Peixinho’ e ‘Edinaldo’ chegaram perguntando do objeto.

Zico negou que era furtada e os três começaram a discutir.

Um dos suspeitos sacou a arma e efetuou vários disparos contra ele, acertando o braço direito. Logo depois a dupla ateou fogo na casa.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e encaminhou a vítima até o Hospital da Vida.

A ocorrência não especifica quais as peças da casa foram incendiadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Mestrado da UEMS realiza debate sobre desafios na educação de surdos
DOURADOS
Assaltante morre em confronto com a polícia após roubo
TELEVISÃO
Monique Amin é eliminada de A Fazenda com 33,46% dos votos
ESPORTES
Projeto Escola de Esporte realiza nesta sexta Festival de Ginástica Rítmica
TECNOLOGIA
Governo lança programa para levar internet de alta velocidade às escolas
MEIO AMBIENTE
Pecuarista é multados em R$ 2,1 mil por exploração e uso de madeira
UFGD
Inscrições para residências Médica e Multiprofissional terminam hoje
ROCHEDO
Traficantes fogem da polícia e caem com carro às margens de córrego
UEMS
Inscrições para seleção de Tutores Presenciais terminam nesta sexta
DOURADOS
Governador assina hoje ordem de serviço para construção do Hospital Regional

Mais Lidas

DOURADOS
Ação termina com 6 presos e R$ 3,5 milhões apreendidos
DNA
PF faz ação contra o tráfico em Dourados e cidade vizinha
TRÁFICO
Douradense é preso com mais de 150kg de pasta base no RS
DOURADOS
Servidores bloqueiam Guaicurus em protesto por melhor educação pública