Menu
Busca terça, 25 de junho de 2019
(67) 9860-3221
CASAS INVADIDAS

Obras são retomadas por etapas após destruição do Dioclécio

26 junho 2015 - 06h35

O Residencial Dioclécio Artuzi III começou a ser reformado no início desta semana e a administração do local deve levar alguns meses para reconstruir tudo o que foi danificado nas [casas que ainda estavam em fase de acabamento quando foram invadidas](http://www.douradosnews.com.br/m/dourados/aproximadamente-450-familias-invadem-casas-no-deoclecio-3). Essa primeira parte das obras alcançará quatro quarteirões e vai focar na reposição de materiais destruídos.

Desde a segunda-feira (22) vários homens trabalham no local na colocação de pias, tanques, materiais hidráulicos, elétricos, construção de calçadas, dentre outros acabamentos. Esses itens - com exceção das calçadas - em grande parte das 450 casas do residencial haviam sido destruídos ou danificados.

De acordo com José Francisco Correia de Almeida, representante da Construtora LC Braga, responsável pelas obras no local, o processo não é simples, já que tudo é padronizado e os materiais levam um tempo para chegar. Ele afirma que na próxima semana, a equipe de trabalho deve aumentar, sendo possível assim avançar para os outros quarteirões.

“Dependemos do fornecedor e isso pode demorar devido ao total de material ou de onde virá esses equipamentos. Mas, já estamos em andamento com a recolocação dos itens e começamos também em mais dois quarteirões pequenas reformas, e na semana que vem chegam mais 20 homens e mais material para dar andamento ao processo”, conta.

Ainda segundo José Francisco, também foram iniciados outros serviços como pinturas e calçadas. Ele cita que essa primeira parte das obras deve ser finalizada em 30 dias e que os próximos passos já estão sendo organizados.

“Temos trabalhado em acabamentos que faltavam e essa primeira parte [quatro quarteirões] fechamos em média de um mês também e para os outros quarteirões já estamos realizando pedido de material e no preparo para começar as outras etapas”, ressaltou.

Em relação ao término das reformas e do restante da obra, o representante destaca que não há um prazo definido, mas, não descarta que ocorra até o fim de 2015. “Não dá para dizer quando vamos finalizar tudo, porém, eu acredito que final do ano conseguimos, o que não é certeza”, pontuou.

O residencial foi invadido no dia 11 de abril e desocupado um mês depois sob ordem judicial.
No dia 11 de junho um grupo de contemplados protocolou no MPF (Ministério Público Federal) representação sobre a demora na solução da questão da invasão e da entrega. Após receber a representação o órgão tem 30 dias para definir o que será feito quanto a denúncia.

As casas invadidas fazem parte do programa “Minha casa minha vida”, a previsão era de serem entregues em 2014, data estipulada para ficarem prontas. A lista com as famílias contempladas com a moradia, foi divulgada pela prefeitura de Dourados através do setor de Habitação em dezembro de 2013, cujo sorteio ocorreu no pavilhão de eventos ao lado do estádio Douradão.

O Dourados News tentou contato com a assessoria de comunicação da CEF (Caixa Econômica Federal) para saber se o relatório com o cálculo dos prejuízos deixados pelos invasores já foi finalizado, mas, não conseguiu localizar os responsáveis.

LOCAL FICOU DESTRUÍDO

Após a invasão, o condomínio ficou em situação de total devastação.
Portas e janelas quebradas, paredes pichadas, vasos sanitários e pias destruídos e lixo espalhado foi o que se encontrou nas casas.

Além disso, material de trabalho dos funcionários do local também foram furtados [relembre aqui]( http://www.douradosnews.com.br/dourados/responsaveis-devem-demorar-dez-dias-para-calculo-total-de-prejuizo-deixado-por-invasores).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Mais de 53,5 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe
DOURADOS
Suspeito de pelo menos 10 furtos a comércios é preso em Dourados
LEGISLATIVO
Deputados devem votar cinco projetos na sessão ordinária desta terça-feira
LUTO
Ex-deputado de MS morre durante viagem ao Paraná
MUNDIAL
Itália, China, Holanda e Japão jogam pelas oitavas da Copa feminina
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa
DOURADOS
Homem escapa de tiros na Vila Toscana; ex-namorada e o atual dela seriam os autores
LEGISLATIVO DE MS
Solenidade marca 40 anos da 1ª Constituição do Estado e da ALMS
DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
POLÍCIA
Comerciante vai guardar caminhonete e acaba sequestrado por bandidos

Mais Lidas

POLÍCIA
Gangue invade festa e esfaqueia três adolescentes em Dourados
HOSPITAL DA VIDA
Jovem morre horas após acidente de moto
DOURADOS
Moto com mais de R$ 20 mil em multas é apreendida após flagra de excesso de velocidade
VICENTINA
Colisão frontal mata homem na MS-376