Menu
Busca segunda, 23 de abril de 2018
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Alunos de Dourados participam da Olimpíada de Astronomia e Aeronáutica

18 outubro 2017 - 10h05Por Da Redação

Confirmando a qualidade da proposta educacional da Rede Sesi de Educação em Mato Grosso do Sul, oito alunos das escolas de Campo Grande e Dourados vão participar da 2ª fase da 25ª Maratona de Química, em Gramado, no Rio Grande do Sul, e da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), categoria Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), em Barra do Parai, no Rio de Janeiro, respectivamente.
 
Dos oito estudantes, cinco são da Escola do Sesi de Campo Grande e vão embarcar na próxima quarta-feira, dia 25 de outubro, para a 25ª Maratona de Química, que será realizada nos dias 26 e 27 de outubro, enquanto no dia 27 de outubro os outros três alunos da Escola do Sesi de Dourados irão disputar a categoria Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que será de 28 a 30 de outubro.
 
Segundo a gerente de educação do Sesi, Simone Cruz, ver os alunos estimulados e avançando em competições nacionais reforça que a proposta educacional da instituição está no caminho certo. “Tanto a Olimpíada Brasileira de Astronomia como a Maratona de Química são experiências que em os alunos rompem os limites de sala de aula e preparam-se para a vida, colocando em prática os ensinamentos absorvidos durante as aulas. Então é um presente para nós termos esses alunos levando o nome da nossa escola e tendo essa experiência única, que envolve aprendizado educacional e pessoal”, afirmou.
 
Maratona de Química
 
Concorrendo com estudantes de todo Brasil, os alunos Bianca Lole Freitas, Camila Duarte de Souza, Luan Victor Bispo Falcão, Nicolle Anália Calves e Chaves e Rebeca de Almeida Bernardes estão entre os 40 classificados para participar da 2ª etapa da Maratona de Química. Os estudantes vão observar a demonstração de três experimentos químicos, realizados por especialistas, e depois devem responder um caderno de perguntas sobre o que foi apresentado.
 
Os temas a serem abordados são processos de fracionamento de misturas, fenômenos físicos e químicos, semelhanças atômicas, configurações eletrônicas, química no cotidiano, entre outros. O 1º colocado receberá o Prêmio Hugo Herrmann Filho no valor de R$ 500,00 e os 2º e 3º, respectivamente, os valores de R$ 300,00 e R$ 150,00.
 
Na avaliação do gerente do Sesi de Campo Grande, Helton Leal Cardoso, essa é uma excelente oportunidade para poder promover a qualidade de ensino da instituição e valorizar a atuação dos nossos alunos. “São alunos que têm um bom desempenho em todas as disciplinas, em especial na disciplina de Química. É gratificante termos esse grupo de alunos, que por iniciativa própria quiseram participar dessa maratona e conseguiram um bom resultado. Nossa expectativa é conseguir novamente um bom resultado com esses alunos lá em Gramado”, salientou.
 
A diretora da Escola do Sesi de Campo Grande, Glaucia Campos, declarou estar orgulhosa dos alunos e que as expectativas são as melhores. “Ter cinco alunos classificados para apenas 40 vagas só enaltece o nosso trabalho, principalmente quando se trata de uma Maratona de Química, disciplina que boa parte dos alunos reclama bastante e tem dificuldade”, disse.
 
Para a aluna Bianca Lole Freitas, as ferramentas extracurriculares utilizadas na metodologia de ensino do Sesi, como a plataforma online Imaginie (que corrige redações para os moldes do Enem), foram determinantes na hora de redigir um bom texto. “As aulas de Redação da professora Vanessa e o treino na Imaginie foram muito importantes”, garantiu.
 
Já a aluna Nicole Anália Calves fala sobre o tema da redação. “Foi muito bom escrever e estudar sobre um tema que sabemos que pode fazer a diferença na vida das pessoas”, disse. O aluno Luan Victor Bispo Falcão também comenta o tema que o atraiu. “Pesquisamos bastante, a professora deu dicas legais de sites, vídeo-aulas, e quanto mais eu lia, mais dava vontade de escrever”, emendou.
 
A aluna Camila Duarte de Souza destaca o papel que os alunos podem ter ao abordar temas como a sustentabilidade. “É um tema bastante atual, por isso temos que ter mais contato com ele e, então, propor soluções que possam contribuir com as pessoas”, pontuou.
 
Olimpíada Brasileira de Astronomia
 
Já a Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos dos ensinos Fundamental e Médio em todo território nacional. A MOBFOG tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronáutica, Física, Astronomia e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, alunos, professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.
 
A equipe da Escola do Sesi de Dourados é composta pelos alunos Eduardo Goulart, Giovane Alencar, Pedro Henrique, ambos da 2ª série do Ensino Médio e orientados pelo professor Wesley Sarati, que leciona a disciplina de Física. Os estudantes participarão de conferência e palestras voltados para a Astronomia e Astronáutica, conhecerão o planetário, apresentarão seus projetos dos foguetes, realizarão lançamentos e farão uma oficina de construção de foguetes com combustíveis sólidos.  
 
De acordo com a diretora da Escola do Sesi de Dourados, Sibele Aparecida de Almeida Garcia e Silva, o resultado positivo dos alunos é reflexo dos investimentos em educação feitos pela instituição. “Participar da etapa nacional da Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, um ganho em conhecimento para os alunos que foram classificados e também para todos alunos que participaram dessa seleção. Acredito que isso ainda irá motivar os demais alunos que trabalham aqui”, destacou.
 
Para o professor Wesley Sarati, ver o esforço dos alunos sendo recompensado é algo gratificante. “É fantástico ver o envolvimento dos alunos, determinação para alcançar seus objetivos e diante das adversidades se manterem unidos e focados. Acredito que esse seja nosso papel, acreditar e estimular cada vez mais nossos alunos em seus sonhos e dar todo suporte, como a escola do Sesi faz ”, finalizou.
 
Com grandes expectativas, o aluno Giovane Alencar disse a equipe está treinando bastante para garantir um bom resultado. “Fizemos vários foguetes, estudamos as reações, realizamos vários lançamentos buscando melhorar a nossa marca (distância) para etapa nacional. Estamos ajustando os nossos foguetes e esperamos representar a nossa escola da melhor forma possível”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ousada, Sabrina Sato publica foto de topless e fio dental em rede social
MARACAJU
Homem com várias passagens pela polícia é encontrado degolado
CAMPO GRANDE
Mulher morre após ser atropelada e arremessada por 20 metros
POLÍTICA
Governador comemora aniversário de Laguna com licitação para asfalto
OPORTUNIDADES
Concursos: 12 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 483 vagas
IMUNIZAÇÃO
Campanha de vacinação contra gripe começa nesta semana em Dourados
FIGUEIRÃO
Passageira de motocicleta morre em acidente na rodovia MS-436
DOURADOS
Prefeitura já recuperou mais de 77 km de vicinais em 2018
VÔLEI
Praia Clube vence o Sesc/RJ e fatura Superliga pela primeira vez
DE VOLTA
Campeã do 'BBB 18', Gleici é recebida com festa em Rio Branco

Mais Lidas

BR-163
Homem é preso com carro de luxo comprado pelo “Finanzinho”
JARDIM RASSELEN
Após furtar produtos de atacadista homem é detido por populares
VILA INDUSTRIAL
Homem é preso após roubar celular de criança de nove anos
TRÁFICO
Polícia Militar apreende 1,2 tonelada de maconha em Caarapó