Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Alunos de Arquitetura da Unigran lançam projetos de edifícios

07 dezembro 2012 - 13h31

Apartamentos modernos, com infraestrutura completa, requinte, inovações tecnológicas, conforto, lazer e sustentabilidade. Estas foram as impressões que os edifícios projetados por acadêmicos do 8º semestre de Arquitetura e Urbanismo da Unigran deixaram na noite de lançamento. Os projetos são parte da disciplina de Tecnologia da Arquitetura e da Construção IV e, nos stands montados, teve apresentação de banners, maquete física e vídeo.

Ao todo foram oito trabalhos. Segundo o professor da disciplina, Rubens Di Dio, "proposta é fazer com que o aluno tenha o conhecimento pleno do que é a vida profissional. É um trabalho em grupo e não pode ser diferente, porque quando ele estiver na profissão, vai ser exigido trabalhar em grupo". Di Dio comenta que "é um trabalho extenso, que denota e precisa ter muitos conhecimentos: legislação, impactos, utilizando as ciências auxiliares, às vezes até um pouco distante do curso, fora da estrutura curricular".

O grupo da acadêmica Í.M.K.V., criou a Cenário Construtora e Incorporadora, com direito a todos os procedimentos necessários. "A gente montou uma construtora, fizemos desde como abrir a empresa até o projeto em si. Criamos CNPJ, contrato social, como se fosse na realidade mesmo. A gente fez todos os projetos: executivo, complementar, esgoto, hidráulico, elétrico e o marketing", garante.

O Edifício Arthur Casas, projetado pelos acadêmicos é uma homenagem ao grande arquiteto brasileiro, reconhecido internacionalmente, Arthur Casas. "São projetos não somente pensando na beleza, mas um projeto contemporâneo pensando na sustentabilidade, que hoje a gente deve pensar muito nisso. Como também na redução do impacto ambiental, usar materiais ecológicos", esclarece a estudante.

Para Í.M.K.V., a atividade contribuiu para sua formação profissional. "É muito bom, porque a gente aprende a lidar em grupo e também a entrar no mercado de trabalho, como se fosse na realidade. Caso alguém se interesse no nosso projeto, podemos vender para uma construtora ou a gente mesmo montar a construtora".

No grupo do acadêmico Júnior Gadine Ramos o objetivo foi "mudar o conceito de morar em Dourados. O nosso projeto traz inovação, tecnologia, design arrojado, é um projeto completo com uma forma diferente das encontradas hoje no mercado". Eles criaram a Paradisus Construtora e Incorporadora, paradisus significa paraíso em latim e o edifício Hortus Residence, hortus significa jardins.

O edifício é composto por 22 apartamentos, dois duplex, o térreo tem a infraestrutura de lazer e segurança, tudo que é possível encontrar em um residencial de alto luxo. "A satisfação tanto minha quanto do grupo é imensa. Nós fizemos o projeto como se fosse construir de verdade. Então, é um exercício profissional de como vamos atuar profissionalmente depois da faculdade", assegura o aluno de Arquitetura.

Em todos os projetos, o foco principal foi a sustentabilidade. De acordo com o professor Rubens Di Dio, "a sustentabilidade é uma coisa do momento. Porque nós impactamos, ao longo dos tempos, e nós temos que preservar as gerações futuras".


Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 36 milhões nesta quarta-feira
UFGD
Abertas inscrições para segunda etapa do II Festival de Graffiti
FABRICA
Chineses anunciam investimentos de R$ 2 bilhões em obra de Maracaju
SEST SENAT
Taxista realizam curso de atualização em Dourados
EDUCAÇÃO
Prouni do primeiro semestre de 2019 abrirá inscrições em 29 de janeiro
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
SHOWBIZ
Glenda Kozlowski coloca o bronzeado em dia no Rio de Janeiro
CULTURA
Cineclube UFGD encerra 2018 com o filme Feliz Natal
CORRUPÇÃO
Desembargadora Tânia Borges é alvo de novo processo no CNJ
PETRECHO PROÍBIDO
Ambiental apreende 200 metros de redes de pesca no Rio Paraguai

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto
TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados