Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
UFGD

Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição

21 janeiro 2020 - 15h50Por Da redação

A imagem de uma estudante do colégio Nota 10, aprovada em 1º lugar no curso de Medicina pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) como cotista indígena, provocou discussões em redes sociais nesta terça-feira (21). 

A jovem chamou atenção pelo intertítulo de “1º lugar -cotista indígena” no curso de Medicina da UFGD.

De acordo com informações do site Campo Grande News, a imagem da aluna de fenótipo branco foi usada em propagandas do colégio em que cursou o 3º ano do Ensino Médio. 

A família da jovem disse que foi erro no momento da inscrição, que a estudante está arrasada e não irá fazer a matrícula no curso da universidade.

Logo depois da repercussão, a imagem foi retirada. A assessoria da escola informou que foi a própria aluna quem entrou em contato com a instituição pedindo para retirar a foto da campanha e informando que houve erro no momento da inscrição.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASA DE LEIS
Sessões, CPI e capacitação de servidores são os destaques da semana na Alems
POLÍTICA
Alto escalão do governo terá desempenho avaliado a partir de abril
ESPORTES
Final de semana de medalhas para judô brasileiro
CUIDADOS
Com riscos a saúde humana, pragas urbanas podem ser evitadas
REGIÃO
Maconha que seria levada para o Ceará é apreendida em MS
CONTRABANDO
PRF apreende de 2 toneladas de agrotóxicos escondidos em carga de leite
SAÚDE
Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil
CORUMBÁ
Escolas de samba realizam pré-desfile neste domingo
CAMPEÃO
Trio decide, Flamengo domina o Athletico-PR e conquista a Supercopa
DROGAS
Duas mulheres são presas por tráfico em ônibus que passava por Dourados

Mais Lidas

VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
HARRISON DE FIGUEIREDO
Adolescente é detido e jovem é presa por tráfico, receptação e posse
DOURADOS
Dupla é presa por porte e posse ilegal de arma de fogo
FURTOS
Ladrões fazem “arrastão” e levam motos em Dourados