Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Adolescentes desaparecem em Dourados

13 dezembro 2003 - 09h53

Duas adolescentes estão desaparecidas de suas casas em Dourados. Os casos foram comunicados na Polícia Civil que está investigando os desaparecimentos. O primeiro caso registrado foi o sumiço de Pámela Carolina Alves de 13 anos, que deixou a casa dela ontem por volta das três horas da tarde para ir ao dentista e não chegou ao consultório e nem voltou para casa. Os pais dela disseram que a garota teria recebido a visita de uma amiga antes de desaparecer. O outro caso envolve a menor Juliana Aparecida da Silva de 14 anos, moradora no Abrigo Renascer no Parque Alvorada. Ela saiu na manhã de quinta-feira da escola Aurora Pedroso de Camargo e ontem ligou para o abrigo dizendo que estava em Santa Catarina. Segundo o Conselho Tutelar esta é a terceira vez que Juliana deixa o local onde mora e viaja para outra cidade. (Antonio Coca)

Deixe seu Comentário

Leia Também

BENEFÍCIO
Saque do FGTS 100% digital é lançado pela Caixa
POLÍTICA
Em carta, 20 governadores reclamam de postura do presidente Bolsonaro
ATUALIZAÇÃO
Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil continua em três
IGUATEMI
Após agredir esposa, policial mata sogro com tiro no peito em fazenda
JUSTIÇA
Sucessor de Minotauro é denunciado por posse de arma de fogo
QUEIMA
Polícia incinera mais de 3 toneladas de drogas
DOURADOS
Sensação térmica chega próximo a 40ºC em dia de temperatura mais alta do ano
CAMPO GRANDE
Estelionatário que vendia produtos falsificados pela internet é preso em flagrante
COTAÇÃO
Dólar abre a semana em alta e chega a R$ 4,32
MS-384
Ministério Público instaura inquérito para apurar condições de rodovia

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei