Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
PACTUAÇÃO

Acordo entre MPT e Bombeiros prevê comunicação imediata de acidentes de trabalho

05 outubro 2017 - 19h50Por Da Redação

O Ministério Público Trabalho em Mato Grosso do Sul (MPT/MS) firmou recentemente dois Termos de Cooperação Técnica, sendo um com o Corpo de Bombeiros e outro com a Polícia Militar. As parcerias envolvem ações voltadas para a comunicação imediata de toda ocorrência caracterizada como acidente de trabalho, assim como esforço conjunto na fiscalização e no combate ao trabalho escravo, trabalho infantil e tráfico de pessoas.

No âmbito do Corpo de Bombeiros, o termo estabelece que a corporação deverá informar ao MPT/MS, no prazo máximo de 1 dia útil, todas as ocorrências identificadas como acidente de trabalho em empresas, apontando os respectivos trabalhadores prejudicados.

A instituição também apoiará o Ministério Público do Trabalho, com equipe técnica e equipamentos adequados, no levantamento de informações in loco.

Com a Polícia Militar, foram pactuados treinamentos voltados a policiais e servidores do MPT/MS, para atuarem na prevenção, fiscalização e repressão aos crimes de trabalho escravo, trabalho infantil e tráfico de pessoas, principalmente na faixa de fronteira. O acordo também contempla ações, projetos e programas junto à comunidade, visando ao resgate de crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social.

Aparelhamento e melhor serviço à sociedade

O MPT/MS destinou a quantia total de R$ 210 mil, que deve ser aplicada em capacitação e na aquisição de equipamentos. De modo geral, os recursos serão utilizados para o aperfeiçoamento das condições de trabalho dos servidores do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar e para a melhoria do atendimento à população.

O Corpo de Bombeiros investirá o montante em equipamentos de proteção, segurança e socorro, a serem empregados no combate a incêndios, salvamento terrestre, em altura, aquático e mergulho.

Já a Polícia Militar deverá adquirir materiais de treinamento, para operação e instrução, de segurança e de informática, assim como materiais para a manutenção de bens imóveis, instrumentos educativos, esportivos e recreativos capazes de atender à população assistida por projetos sociais em vigência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre após ser atingido por carro e arremessado contra muro
ÓLEO
Senadores pedem declaração de emergência ambiental no Nordeste
AMAMBAI
Homem é suspeito de esfaquear a filha após ser denunciado por estuprá-la
PRAZO
Submissão de trabalhos para Jornada de Linguística vai até o dia 30
NOVA ALVORADA
Pastor evangélico é esfaqueado dentro de igreja após culto
EDUCAÇÃO
Enem para privados de liberdade registra mais de 40 mil inscritos
JUSTIÇA
Comparsa de homicídio de adolescente vai a júri nesta quarta-feira
SEU BOLSO
Aneel sobe tarifa da bandeira vermelha e reduz da amarela em Novembro
COXIM
Mãe é presa após estrangular filho de 3 anos com fio de energia
EMPREGO
Marinha abre inscrições para profissionais com ensino superior completo

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
DOURADOS
Suspeito de extorsão em área de conflito, policial é levado ao Presídio Militar da capital