Menu
Busca sábado, 26 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SICREDI

Ações da Saúde levam prevenção à comunidade

08 junho 2011 - 14h54

A Prefeitura de Dourados tem investido na saúde pública por meio do trabalho integrado entre os departamentos da Secretaria Municipal de Saúde. Em apenas dois meses foram realizadas 10.849 visitas domiciliares, organizadas como ação de vigilância pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), que emitiu 834 notificações com base na Lei da Dengue e 73 conforme Lei de Controle Animal.



“Tivemos um número significativo de visitas domiciliares, além daquelas que são realizadas frequentemente. Temos adotado ações de gestão compartilhada com as Estratégias de Saúde da Família, o que possibilita um resultado prático e um avanço em prevenção à saúde”, afirmou Eduardo Arteiro Marcondes, diretor de Vigilância em Saúde.



No mesmo período, a Vigilância Sanitária fiscalizou 212 projetos para liberação de alvarás. Atendeu 59 denúncias, expediu 108 notificações, aprendeu 559 quilos de alimentos impróprios para consumo e realizou 27 palestras educativas.



“Além do trabalho em conjunto com as ESFs, a Vigilância Sanitária também tem atuado de forma coordenada com os demais órgãos de vigilância em saúde do município, o que contribuiu para reduzir o número de pedidos de alvará acumulados no núcleo. Sem falar na possibilidade de capacitar os profissionais de saúde que atuam nesse serviço”, destacou Eduardo.



Através de campanhas que levaram vacinas até os bairros, o setor de Imunização aplicou 718 doses e alcançou índices consideráveis de população imunizada.



A Vigilância Epidemiológica realizou palestras de capacitou aos agentes e profissionais da saúde para o enfrentamento à violência doméstica e os orientou sobre doenças que acometem os servidores da saúde e como preveni-las.



Já o Centro de Referência para Tuberculose e Hanseníase treinou 114 agentes para realização da busca ativa de casos suspeitos das doenças.



Para ampliar as ações de prevenção, o Programa de DST/AIDS distribuiu 3.864 preservativos diretamente para a população e 1.200 para estoque e distribuição regular nas unidades de saúde por meio das equipes de saúde da família.



“Foi realizada ainda ação educativa sobre doenças sexualmente transmissíveis, através de palestra e panfletagem, para pelo menos 450 adolescentes. Além disso, o programa promove reuniões com grupos de risco, como gestantes e jovens”, completou o diretor de Vigilância em Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE
UFGD estende interrupção das atividades acadêmicas e administrativas
OUSADIA
Ladrão abusado furta motocicleta para roubar bateria e gasolina
FUTEBOL
Real Madrid e Liverpool decidem neste sábado a Liga dos Campeões
FÁTIMA DO SUL
Motorista morre em acidente com capotamento em estrada vicinal
SAÚDE
Hospital Cassems cria oportunidades para jovens em situação de risco
PARANHOS
Indígena é executado a tiros em plena luz do dia e polícia investiga
FUTEBOL
Novoperário e Corumbaense buscam vagas na 2ª fase do Brasileiro
DOURADOS
Soldado do Exército é preso acusado de furto de bicicleta
CAMPO GRANDE
Homem é morto a tiros durante tentativa de assalto
LOTERIA
Mega-Sena acumulada pode pagar prêmio de R$ 10 milhões neste sábado

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é preso revendendo gasolina em lava-rápido
R$ 6,50 O LITRO
Preso vendendo gasolina em lava-rápido responderá por crime ambiental
PROTESTOS
Temer autoriza uso de forças federais para desbloquear rodovias
DOURADOS
Dupla invade contramão, rouba jovem e acaba presa